A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 17 de Agosto de 2018

05/09/2010 21:29

Vereadores de Dourados recebiam mensalão de R$ 170 mil

Redação

Responsável por denunciar e gravar o esquema de fraude em licitações e pagamento de propina em Dourados, o secretário de governo, Eleandro Passaia, afirmou em entrevista ao Fantástico (Globo) que os vereadores recebiam R$ 170 mil/mês para participar do esquema.

O dinheiro era pago para os vereadores aprovarem as matérias de interesse do prefeito Ari Artuzi e "esquecerem" de fazer críticas ao Executivo.

Na reportagem, o Fantástico afirmou que Eleandro Passaia atuou como uma espécie de "agente federal infiltrado".

Foram presas 29 pessoas pela Polícia Federal por meio da Operação Uragano (furacão, em italiano), incluindo prefeito, vice e presidente da Câmara. Com a linha sucessória fragilizada por causa das prisões, o juiz Eduardo Machado Rocha tomou posse como prefeito interino. (correção feita às 14h34 do dia 6/09 para esclarecer que os R$ 170 mil era o valor da "folha" de proprina dos vereadores)

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions