A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

03/03/2015 14:32

Vereadores derrubam nove vetos e “ajudam” Olarte em 39 projetos

Kleber Clajus
Consenso entre base e oposição agilizou processo de votação que teve apenas um projeto com votos contrários (Foto: Kleber Clajus)Consenso entre base e oposição agilizou processo de votação que teve apenas um projeto com votos contrários (Foto: Kleber Clajus)

A maratona de votação de 48 vetos na Câmara Municipal de Campo Grande, nesta terça-feira (3), terminou com nove propostas retomadas pelos vereadores, após posicionamento contrário do prefeito Gilmar Olarte (PP). Outros dois projetos, além de 37 relativos ao Prodes (Programa de Incentivos para o Desenvolvimento Econômico e Social) mantiveram decisão do progressista.

O consenso entre base e oposição possibilitou, conforme o presidente Mario Cesar (PMDB), mais maturidade no processo de votação das propostas.

Dentre os vetos derrubados se inclui a proibição de concursos públicos no município para cadastro de reserva e inauguração de obras inacabadas. Ambas as propostas foram apresentadas por Eduardo Romero (PTdoB), que pontuou a necessidade de “não se criar falsas expectativas na população”.

Já projeto de Luiza Ribeiro (PPS), que concede a travestis e transexuais uso de nome social em órgão públicos, foi o único a despertar debate com a bancada evangélica. Ainda assim, o veto foi derrubado em placar de 19 a 5. “Colocaram a convicção religiosa em uma lei que garante a dignidade de tratamento”, ressaltou.

Psicólogos também foram beneficiados com rejeição de veto a projeto autorizativo que institui jornada de 30 horas semanais na Capital.

Em contrapartida, os vereadores mantiveram veto a flexibilização do passe do estudante para funcionamento aos sábados, domingos e feriados, assim como instituição de plano para humanização de partos a gestantes com idade inferior a 18 anos.

Quanto ao Prodes, acordo fechado entre as bancadas possibilitou que os projetos prosseguissem sem emenda que impedia uso do terreno como hipoteca em financiamentos.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions