A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

02/03/2015 13:45

Vereadores fazem maratona para analisar 48 vetos do prefeito

Kleber Clajus
Consenso firmado hoje deve agilizar votação de vetos, que incluem 37 relativos a concessão de benefícios fiscais a empresas (Foto: Kleber Clajus / Arquivo)Consenso firmado hoje deve agilizar votação de vetos, que incluem 37 relativos a concessão de benefícios fiscais a empresas (Foto: Kleber Clajus / Arquivo)

A próxima sessão da Câmara Municipal de Campo Grande, na terça-feira (3), tem exigido dos vereadores “maratona” de análise de 48 vetos totais e parciais do prefeito Gilmar Olarte (PP). Uma das soluções adotadas foi estabelecer consenso entre base e oposição para pacificar e agilizar a votação.

O presidente da Casa de Leis, Mario Cesar (PMDB), pontuou que reunião prévia realizada hoje teve por objetivo contribuir para que cada parlamentar chegue com seu “juízo de valor formado e mais maduro para votar, diminuindo conflitos”. Isso porque, caso haja divergências, a pauta de votações pode ser trancada e impedir outras propostas de tramitar.

Na lista, 37 dos 48 vetos se incluem casos de concessão de benefícios fiscais a empresas no âmbito do Prodes (Programa de Desenvolvimento Econômico e Social).

Entre os vereadores, conforme Mario Cesar, se defende alteração na lei para que se permita que os terrenos doados pela Prefeitura sejam utilizados como garantia apenas quando o financiamento partir de bancos oficiais e de fomento. Os demais benefícios, como isenção de IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) e ISSQN (Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza), seriam mantidos.

Luiza Ribeiro (PPS), que teve projeto vetado para uso de nomes sociais por travestis e transexuais na prestação dos serviços municipais, ressaltou que a medida adotada na Câmara fortalece consensos ao equilibrar o debate político entre base e oposição.

“Não podemos fazer batalha política com projetos que visam garantir o direito das pessoas. Alguns serão mantidos e outros, certamente cairão. O resultado só no Plenário”, disse a vereadora de oposição.

Participaram do encontro de hoje, na Câmara Municipal, 21 dos 29 vereadores da Capital. As ausências, de acordo com o presidente, foram justificadas por compromissos externos e problemas de saúde.

Temer diz que adiamento da reforma da Previdência foi 'ótimo' para ganhar votos
O presidente Michel Temer procurou mostrar otimismo ao falar sobre a reforma da Previdência ao dar posse ao deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS) c...
Diretor da PF entrega ao STF relatório de investigação sobre ministros
O diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segóvia, entregou hoje (15) à ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), um re...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions