A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

15/07/2015 11:28

Vereadores suspendem sessão para discutir votação de projetos do executivo

Priscilla Peres e Antônio Marques
(Foto: Fernando Antunes)(Foto: Fernando Antunes)

Os vereadores suspenderam a sessão desta quarta-feira (15), para discutir projetos do executivo que precisam ser votados até amanhã, último dia de trabalhos antes do recesso. No momento, 24 vereadores participam da sessão, mas é necessária a assinatura de pelo menos 20 deles, para que cada projeto seja aprovado.

Esses projetos do executivo tramitam na Câmara em regime de urgência e são considerados de grande importância para a prefeitura. Um deles é o de créditos adicionais suplementares no valor de quase R$ 63 milhões, sendo um de R$ 2,5 milhões e outro de R$ 60,4 milhões, maior parte desses recursos para a Seintrha (Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação).

O outro é referente a criação de um novo Refis ainda este ano, para aumentar a arrecadação do município. O projeto de conciliação fiscal entrou na casa na semana passada e precisa ser aprovado até amanhã, para que seja realizado em agosto o programa para negociar débitos ajuizados.

A aprovação desses projetos exige quórum qualificado, conforme exigido pelo regimento para votação de projetos em regime de urgência do Poder Executivo. Isso significa que no mínimo 20 vereadores, dos 29, precisam dar parecer favorável ao projeto.

Por serem de grande importância para a prefeitura, o secretário de Finanças, André Scaff e seu adjunto, Ivan Jorge, estão na casa para auxiliar na aprovação dos projetos e qualquer esclarecimentos necessários. Ivan já esteve na Câmara anteriormente, para explica os projetos aos parlamentares.

Hoje, os vereadores suspenderam a sessão por 5 minutos para as discussões, mas já passam de 30 minutos sem que os trabalhos tenham retornado.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions