A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

22/03/2012 12:41

Visita de Puccinelli a Brasília garantiu conclusão da MS-178

Wendell Reis

Governador solicitou um convênio para pavimentar estrada que liga Bonito a Jardim

Governador recebeu a confirmação da liberação na manhã desta quinta-feira, quando concedia entrevista(Foto: Wendell Reis)Governador recebeu a confirmação da liberação na manhã desta quinta-feira, quando concedia entrevista(Foto: Wendell Reis)

O governador André Puccinelli (PMDB) conseguiu bons frutos na sua passagem de dois dias por Brasília, entre segunda (19) e quarta-feira (21). Na Capital Federal, o governador se reuniu com o ministro do Turismo, Gastão Vieira, e com a ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffman, e conseguiu R$ 4,2 milhões para pagar o que já foi feito e mais R$ 10 milhões para a conclusão de 10,4 quilômetros da rodovia MS-178, que tem 70 quilômetros e liga Bodoquena a Bonito.

O governador também solicitou um convênio de R$ 28,5 milhões do Fundetur (Fundo de Desenvolvimento do Turismo) para pavimentar a estrada do Curê, que vai de Bonito a Jardim e tem bastante atrações turísticas. Porém, o dinheiro ainda não foi garantido.

André Puccinelli propôs um convênio para que o Governo do Estado pague 10 quilômetros e o Governo Federal 18 quilômetros para pavimentar a estrada. Segundo o governador, o Mato Grosso do Sul está entre as regiões que vão receber investimentos do Fundetur.

O governador também se reuniu com o ministro de Minas e Energia para saber como está o processo do luz para todos, cobrando investimentos no Pantanal. Além disso, solicitou R$ 64 milhões para investir na distribuição e ampliação das redes de energia urbanas , aumentando a potência para atender o desenvolvimento do Estado.

Reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, diz Meirelles
A reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, de acordo com o ministro da Fazenda Henrique Meirelles. A declaração foi dada na noite de...
Quanto mais reforma demorar, mais dura será correção, diz ministro
Caso o governo não consiga aprovar a reforma da Previdência ainda este ano, conseguirá em 2018, disse hoje (11) o ministro do Planejamento, Dyogo Oli...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions