A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 17 de Agosto de 2018

18/01/2011 10:00

Falta de iluminação e urbanização em praça do Vilas Boas incomoda moradores

Ana Maria Assis

Não muito longe da área central da cidade, no bairro Vilas Boas, moradores reclamam da falta de urbanização e principalmente iluminação de uma praça em estado de abandono. Uma moradora que se identificou apenas como Glauce, de 36 anos, que mora há um ano em uma das ruas laterais da praça, a Sideral, afirma que o problema persiste há cerca de dez anos.

O espaço, com um ponto de ônibus e uma quadra de terra vermelha com dois gols, cercada por grama não cortada, causa transtorno quando o vento é forte na região, pois levanta a poeira que vai para dentro das casas. A praça fica no parcelamento Frederico Portinho Pache, do Bairro Vilas Boas, no quadrante entre as ruas Santana, Sideral, Rúpia e Sucre.

Segundo Glauce, a sujeira não é o único problema causado pelo abandono da área. Ela conta que o local é constantemente invadido para prática de manobras automobilísticas, como “cavalinho de pau”, serve de descarte para lixo (doméstico, poda de árvore e jardinagem - tornando o local foco propício para a proliferação da Dengue), além da falta de iluminação provocar uma instabilidade para a segurança pública.

Conforme a moradora, no dia 17 de janeiro de 2009, há dois anos, ela oficiou a prefeitura com a colaboração de outros moradores, solicitando a urbanização da área, contando com pista de caminhada e iluminação pública. No entanto, Glauce reclama que nenhuma providência e nem resposta foi dada.

“Esta praça acaba incomodando todo mundo aqui. Quando venta incomoda todo mundo e quando chove a sujeira vai até a Spipe Calarge”, reclamou. Segundo Glauce, os moradores da região paga “IPTU caro”, por se tratar de uma região bem localizada, mas devem procurar áreas de lazer fora de seu bairro por falta de estrutura na praça.

O Campo Grande News entrou em contato com a prefeitura de Campo Grande e aguarda retorno.



É realmente um absurdo! A Prefeitura cobra das pessoas calçada e urbanização em frente de suas casas, mas n faz o mesmo com seus terrenos
 
Drei Decker em 18/01/2011 03:14:51
Locais como o citado pela moradora Glauce deveriam oferecer oportunidades de lazer e descontração para as familias campograndenses. Contudo, sem a devida atenção da administração municipal e de órgãos competentes, tais localidades acabam se tornando motivos de preocupação e como resultado, alvos de reclamação. Vivemos em uma cidade linda e que merece mais atenção do que vem recebendo, seja de nossa parte, seja do poder publico ou do privado. Espero que casos como da Glauce venham a ser resolvidos logo, sem a necessidade de se esperar por períodos eleitorais para que estes que detém o poder façam algo em troca de votos.
 
Luciano Gentil em 18/01/2011 01:36:39
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions