ACOMPANHE-NOS    
MARÇO, DOMINGO  29    CAMPO GRANDE 23º

Direto das ruas

Quati resgata filhote atropelado em rua do Parque dos Poderes

Por Edmir Conceição | 25/11/2011 11:10
Mãe quati pega filhote que acabara de ser atropelado... (Fotos: Marcelo Silva de Oliveira)
Mãe quati pega filhote que acabara de ser atropelado... (Fotos: Marcelo Silva de Oliveira)
... e carrega carcaça até o outro lado da via
... e carrega carcaça até o outro lado da via

Uma cena que se repete todos os dias. Animais silvestres que habitam a reserva do Parque dos Poderes atropelados. Nessa semana, o leitor do Campo Grande News Marcelo Silva de Oliveira flagrou cena comovente.

Quati se adiantou e a cria acabou atropelada. Desesperada, mãe quati tentou reanimar o filhote, resgatando-o em seguida, mas o animalzinho já estava morto. No mesmo local, na rua Desembargador Leão Neto do Carmo, entre o TRE-MS e a TV Pantanal, um bando inteiro foi atropelado por um condutor desatento.

Dos animais que habitam a reserva, os quantis são mais numerosos e se tornaram atração dos servidores nas repartições públicas. A orientação para que não seja dado alimento aos animais, para não tirar o seu instinto da caça e sobrevivência, além também de assegurar a saúde dos bichos, não é seguida por todos e os quatis percorrem os prédios do Parque à procura de comida.

De acordo com a literatura da fauna silvestre, o quati (ou coati) é um mamífero aparentado do guaxinim, possuindo entretanto um nariz mais comprido e um corpo mais alongado. Vive em bandos de oito a dez, é praticamente onívoro e alimenta-se de minhocas, insetos e frutas. Aprecia também ovos, legumes e especialmente lagartos. Dorme no alto das árvores enrolado como uma bola e não desce antes do dia clarear.

Longe do perigo da pista, mãe quati tenta reanimar filhote que acabara de ser atropelado na rua Desembargador Leão Neto Neto do Carmo
Longe do perigo da pista, mãe quati tenta reanimar filhote que acabara de ser atropelado na rua Desembargador Leão Neto Neto do Carmo