A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

13/08/2014 18:34

Colheita do milho safrinha chega a 60% da área plantada

Priscilla Peres
Expectativa é de que a colheita termine na primeira semana de setembro (Foto: Divulgação/Famasul)Expectativa é de que a colheita termine na primeira semana de setembro (Foto: Divulgação/Famasul)

A colheita do milho safrinha chegou a 60% da área plantada em Mato Grosso do Sul. Segundo dados do Siga (Sistema de Informações Geográficas do Agronegócio) divulgados pela Aprosoja/MS (Associação dos Produtores de Soja de MS) o clima contribuiu e já foram colhidos 922 mil hectares do grão.

A região Norte é a mais adiantada e Chapadão do Sul e Jaraguari lideram a lista com 80% da colheita concluída. Em seguida estão por Costa Rica (75%) e Coxim (70%). Devido o plantio do grão mais tardio, a região sul está em 52,4% da área colhida, porém Rio Brilhante já alcança os 70%, Itaporã (65%), Amambaí (62%), Douradina e Fátima do Sul (60%).

Maracaju e Dourados, cidades com maior representatividade agrícola, já colheram 45% e 40% de suas áreas cultivadas com milho safrinha, respectivamente. A estimativa da Aprosoja/MS é de que os agricultores colham cerca de 7,4 milhões de toneladas de milho safrinha até a primeira semana de setembro.

Segundo a Aprosoja/MS, 30% da safra já foi vendida antecipadamente. Para o vice-presidente da associação, Christiano Bortolotto, a comercialização pode ganhar ritmo com a inclusão de Mato Grosso do Sul no leilão de Pepro (Prêmio Equalizador pago ao Produtor Rural). “O Pepro leiloará mais 75 mil toneladas do Estado, isso dá suporte à comercialização do milho, garantindo o preço mínimo ao produtor e melhor condição de pagamento do custeio”, finaliza Bortolotto.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions