A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 22 de Outubro de 2017

03/04/2009 10:22

Independência pode negociar fora da recuperação judicial

Redação

O grupo Independência pode negociar o pagamento da dívida com seus credores por fora da recuperação judicial. A informação consta em matéria divulgada nesta sexta-feira pelo site Beef Point. Hoje a dívida é de cerca de R$ 1,2 bilhão, a maior parte com bancos.

O pedido de recuperação foi feito no dia 27 de fevereiro, mas ainda não foi homologado por falta de documentação. A previsão é que nos próximos dias a empresa peça à Justiça um novo prazo para apresentar a papelada e com isso vai ganhar tempo para fechar um acordo extrajudicial com os bancos.

"Há uma janela de oportunidades em razão da peculiaridade do processo. Mas o acordo tem de sair rápido", explica o advogado Luiz Fernando Paiva, do Pinheiro Neto, escritório que assessora o Independência. "A empresa pode desistir sem precisar convocar assembléia de credores. E, se não houver acordo com os bancos, pode acelerar os prazos do processo de recuperação judicial", disse.

Os bancos devem receber do Independência uma lista com a relação completa de credores, a posição financeira atual e uma reconstituição do que ocorreu na empresa desde setembro do ano passado, quando tinha R$ 600 milhões em caixa.

A recuperação judicial é uma forma da empresa se proteger dos credores não financeiros, como pecuaristas. Só em Mato Grosso do Sul são R$ 51 milhões em débitos com criadores. Os bancos, porém, teriam visto o pedido como quebra de confiança.

Em nove dias o Independência já fechou sete unidades, um centro de distribuição e demitiu 6,2 mil empregados, ou cerca de metade do seu quadro. Em Mato Grosso do Sul todas as unidades fecharam

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions