A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

06/11/2009 20:19

Mel do Pantanal será testado em pesquisas de resíduos

Redação

No fim de outubro, vários quilos de mel coletados em apiários instalados na fazenda Nhumirim, localizada na região pantaneira da Nhecolândia, chegaram à Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária) Pantanal, em Corumbá. As amostras serão enviadas a três unidades da Embrapa para análises de resíduos.

A fazenda Nhumirim é o campo experimental da Embrapa Pantanal. Sua diversidade de espécies animais e vegetais, baías, salinas, cordilheiras e capões faz dela um recorte bastante representativo do Pantanal. No local, o pesquisador Vanderlei Doniseti Acassio dos Reis, especializado em apicultura, tem desenvolvido amplas pesquisas.

As amostras do mel serão encaminhadas a três unidades da Embrapa: Meio Ambiente (Jaguariúna-SP), Pecuária Sudeste (São Carlos-SP) e Recursos Genéticos e Biotecnologia (Brasília-DF). Essas unidades realizarão análises para determinar a presença ou ausência de resíduos e contaminantes em amostras de mel e de outros produtos agropecuários, no âmbito do projeto liderado pela pesquisadora da Embrapa Meio Ambiente, Vera Lúcia Ferracini.

A pesquisa, intitulada "Rede de Resíduos e Contaminantes Químicos em Produtos de Origem Animal e Vegetal", do Macroprograma 2 da Embrapa, contará com métodos de análises e verificação de resíduos de agrotóxicos, drogas veterinárias e contaminantes inorgânicos. Essas análises gerarão parâmetros para atestar a qualidade e o nível de segurança dos alimentos produzidos no Brasil.

Dois apiários, totalizando mais de 30 colméias com abelhas africanizadas, compõem cenário da fazenda Nhumirim. Com a realização dessas análises, o pesquisador Vanderlei Doniseti acredita que, muito provavelmente, será confirmada a hipótese segundo a qual o mel produzido nessa região do Pantanal é bastante seguro.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions