A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

19/08/2016 06:23

Palestra orienta agricultores sobre a influência do clima na safra de grãos

Elci Holsback
Orientação sobre o clima colabora com as decisões sobre plantio (Foto: Marcos Ermínio)Orientação sobre o clima colabora com as decisões sobre plantio (Foto: Marcos Ermínio)

As previsões climáticas são de grande importância para a definir as decisões a serem aplicadas na agricultura. O momento certo de plantar ou colher, depende da quantidade de chuva e das temperaturas e por isso, os produtores rurais precisam acompanhar atentamente cada mudança.

Para orientar os agricultores sobre como utilizar as informações sobre o clima a favor da safra 2016/2017, a meteorologista especialista no setor agrícola, Desirée Brandt ministra palestra no próximo dia 22, em Dourados. A iniciativa integra a programação do Dia de Mercado de Grãos, evento realizado pela CNA (Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil) em parceria com a Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária do Mato Grosso do Sul).

De acordo com a especialista, a próxima safra de verão será diferente das últimas. “Os últimos anos foram marcados pelo aquecimento do Oceano Pacífico em sua porção equatorial, sendo que na última safra, quem ditou as regras foi um dos El Niños mais fortes da história”, analisa.

A palestrante prevê ainda que a maioria dos modelos oceânicos indica que existe 50% de chance de haver uma La Niña de fraca intensidade, 30% de chance de uma neutralidade climática com viés negativo, sendo águas mais frias no Pacífico, porém sem configurar o La Niña e os outros 20% que poderia configurar em uma neutralidade positiva ou até mesmo um El Niño de fraca intensidade, como indicam alguns modelos oceânicos australianos. “Sendo assim, podemos dizer que temos 80% de chance dessas expectativas se concretizarem”, adianta Desiré, que completa destacando que poderá haver estiagens no centro-sul e norte do País. 

De acordo com a meteorologista, a previsão antecipada é muito importante para os produtores fazerem seus planejamentos com cautela. “Este não é o ano para se arriscar, por exemplo, em talhões que não são seguros quanto a sua qualidade de solo”, finaliza.

A palestra acontece no dia 22 a partir das 18h no Sindicato Rural de Dourados e as o mais informações estão disponíveis nos telefones: (67) 3320-6946 ou (67) 3424-6686.

 

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions