A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

06/09/2016 13:34

Produção de milho safrinha tem queda de 26,9% em MS, aponta IBGE

Renata Volpe Haddad
Demora no plantio do milho e estiagem prejudicaram a produção do grão em MS. (Foto: Aprosoja/MS)Demora no plantio do milho e estiagem prejudicaram a produção do grão em MS. (Foto: Aprosoja/MS)

A produção do milho 2º safra em Mato Grosso do Sul teve quebra redução de 26,9% em comparação com a safra 2014/2015, segundo levantamento divulgado nesta terça-feira (6) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

De acordo com a publicação, a produção do grão na safra passada foi de 9.552 milhões de toneladas e em 2016, a previsão de produção é de 6.981 milhões de toneladas, o que significa queda de 26,9%.

A quebra de safra deve-se as longas estiagens que o milho safrinha enfrentou depois do plantio. No início da safra, a produção esperada era de 9,5 milhões de toneladas ainda em abril, mas a expectativa foi caindo devido ao atraso na colheita da soja, prejudicando assim, o plantio do milho safrinha que foi semeado fora do período recomendado.

Conforme o 12º levantamento da safra 2015/2016 divulgado hoje pela Conab (Companhia Nacional de Abastecimento), houve uma forte redução na área de milho no Estado, com estimativas iniciais que variaram de 10% a 5%. A área definitiva apresentou queda de 22% em relação ao ano anterior. Segundo a companhia, esse recuo derivou, principalmente da substituição pela soja, em função dos preços mais atrativos.

Outro fator observado pela Conab, foi que um grande percentual da semeadura do milho ocorreu a partir da segunda quinzena de março, terminando apenas em fins de abril, completamente fora do período recomendado pela área técnica. As condições climáticas desfavoráveis ocorridas até fins de abril causaram forte redução na expectativa de produtividade.

Com a queda na produção, a produtividade por hectares do milho também cai e agora é de 58 sacas por hectare. Antes, esperava-se 59,9 sc/hc, uma variação negativa de 32,16% em relação à 2ª safra de milho 2014/15. Agora, em relação ao ciclo anterior, a queda na produtividade atinge 34%, conforme a Aprosoja/MS (Associação dos Produtores de Soja)

A colheita do grão em Mato Grosso do Sul já atinge 90,4% da área plantada, conforme dados divulgados pela associação. O procedimento já foi finalizado em Chapadão do Sul, Costa Rica, Coxim, Paraíso das Águas, Pedro Gomes, São Gabriel do Oeste e Sonora. A previsão é de que em 10 dias, caso as chuvas parem, a colheita seja concluída em todo o Estado.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions