A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 20 de Outubro de 2017

20/12/2012 21:15

Dilma sanciona sem vetos Lei Seca mais rigorosa

Luana Lourenço, da Agência Brasil

A presidenta Dilma Rousseff sancionou nesta quinta-feira (20), sem vetos, a lei que torna mais rígidas as punições para motoristas flagrados dirigindo alcoolizados.

A nova Lei Seca determina que outros meios, além do bafômetro, podem ser utilizados para provar a embriaguez do motorista, como testes clínicos, depoimento do policial, testemunhos de terceiros, fotos e vídeos.

O texto também prevê o aumento da multa dos atuais R$ 957,65 para R$ 1.915,30 para motorista flagrado sob efeito de álcool e de outras drogas. Caso o motorista reincida na infração dentro do prazo de um ano, a proposta é duplicar o valor, chegando a R$ 3.830,60, além de determinar a suspensão do direito de dirigir por 12 meses.

A lei será publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira (21). Com a sanção, as novas regras serão aplicadas nas operações das polícias rodoviárias para o período de festas de fim de ano e férias.

Motorista bêbado causa acidente, tenta fugir, mas vai preso após perseguição
Embriagado, Wellington Márcio da Silva, 34 anos, foi preso após causar acidente envolvendo o carro que conduzia e uma motocicleta. O caso aconteceu p...
Multas de trânsito poderão ser pagas em parcelas e com cartão de crédito
O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) publicou nesta quarta-feira (18) resolução que altera a forma de pagamento das multas de trânsito e demais ...



Para esse tipo de crime, não tem nenhum valor justo. o certo é: Quem for pego dirigindo embriagado, mesmo sem nenhum acidente, deve cumprir pena de 5 anos fechado.
 
Eroci Barroso em 20/12/2012 22:51:01
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions