A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 26 de Setembro de 2018

26/06/2018 08:47

Iluminação ruim pode ter contribuído para acidente com morte na BR-262

Vizinho ao trecho onde ocorreu o acidente, o comerciante Carlos Alberto conta que ao menos quatro pessoas já morreram no local

Viviane Oliveira e Bruna Kaspary
Comerciante conta que a vítima foi encontrada morta no acostamento  (Foto: Saul Schramm)Comerciante conta que a vítima foi encontrada morta no acostamento (Foto: Saul Schramm)

A falta de iluminação pública pode ter contribuído para o acidente que matou um ciclista ainda não identificado atingido por uma picap por volta das 22h de ontem (25) no Km 365,2 da BR-262 (continuação da Avenida Jornalista Edgar Lopes de Farias), no Núcleo Industrial do Indubrasil, em Campo Grande. O condutor do automóvel fugiu sem prestar socorro.

Vizinho ao trecho onde ocorreu o acidente, o comerciante Carlos Alberto Soares, 49 anos, conta que ao menos quatro pessoas já morreram no local vítimas de acidente de trânsito. “A rodovia é muito escura. O meu cunhado já morreu aqui e o motorista também fugiu sem prestar socorro”, lamenta.

Acidente - Homem ainda não identificado com idade entre 25 e 30 anos foi encontrado morto no acostamento, próximo de uma bicicleta, de cor azul, que ficou bastante amassada. Testemunha relatou à polícia que estava em casa, quando ouviu um barulho e ao sair para ver o que havia acontecido avistou um homem alto ao lado de um VW Saveiro, de cor prata, com rodas esportiva cromadas parada no acostamento.

Ele foi em direção ao corpo e na sequência retornou ao veículo e foi embora. Ainda conforme testemunhas, a vítima que tem tatuagens, sendo duas delas com os nomes Simara e Marilza, é conhecida na região como Panterinha, porém ninguém soube informar o nome ou o endereço da casa onde vivia.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions