ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SÁBADO  31    CAMPO GRANDE 22º

Veículos

Novo Chevrolet Tracker chega a partir de R$ 82.000

O modelo ganhou novidades no visual e também mecânica

Por Márcio Martins | 24/03/2020 09:52
Campo Grande News - Conteúdo de Verdade


Com lançamento virtual por conta da pandemia do Coronavírus, o novo Tracker chega com visual novo e com duas opções de motorização turbo (1.0T e 1.2T), duas opções de transmissão de seis marchas (manual e automática) e quatro opções de acabamento (versão de entrada, LT, LTZ e Premier). Além disso ganhou mais tecnologia, como o Wi-Fi e o alerta de colisão com sistema de frenagem autônoma de emergência”. Além disso ele se torna o SUV Flex mais econômico do mercado, de acordo com o Inmetro.

O modelo cresceu em comprimento (12 mm) e na largura (15 mm), enquanto a altura foi ligeiramente reduzida.

Na frente destaque para os faróis Full LED, com projetores para luz baixa e alta, com poder de iluminação de duas a três vezes maior que sistemas tradicional. Os faróis trazem ainda luzes de condução diurna (DRL) e um inovador sistema de luz auxiliar lateral que amplia em 11% a área iluminada em manobras e curvas. A luz de sinalização dianteira também é de LED, fica no para-choque e se diferencia pelo formato verticalizado.

O modelo vem equipado com rodas de alumínio de série. Na versão Premier elas são de 17 polegadas com superfície usinada, fundo cinza metálico e aros “flutuantes” cromados para combinar com outros acabamentos em mesmo tom.

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade


Na parte interna o modelo ficou mais espaçoso, com o entre-eixos 15 mm alongado. No painel a tela central de LCD é de oito polegadas tipo pedestal, fica levemente inclinada para facilitar o acesso aos comandos.

O quadro de instrumentos é moderno e de fácil leitura, concentrando as informações mais relevantes. O velocímetro e o conta-giros contam com grafismos exclusivos e ponteiros iluminados por LEDS. No meio há a tela de TFT colorida, que exibe o nível de combustível e quais ocupante traseiros estão ou não com o cinto de segurança afivelados. Ali fica também o visor do computador de bordo de até 14 funções, entre elas o indicador de distância do veículo à frente, o monitoramento da pressão dos pneus e o percentual da vida útil do óleo.

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade


Assim como o volante, o apoio de braço do console central também é revestido com material agradável ao toque. À frente há porta-objetos com um interessante suporte para smartphones, que deixa o aparelho melhor encaixado para evitar ruídos de trepidação. A bela manopla da transmissão e o carregador wireless também ficam apoiados sobre o console central, que se estende até os comandos do ar-condicionado, da tecla que permite a desativação do sistema Stop/Start, e os botões das travas das portas e do assistente de estacionamento.

Outra destaque está no compartimento de bagagem 30% maior. Ele se aproxima agora dos 400 litros de capacidade. Um recurso interessante é que a base agora pode ser ajustada em dois níveis de altura. No mais baixo, o usuário amplia a área de transporte em 36 litros. Já com a bandeja no nível mais alto, cria-se uma espécie de superfície plana quando o encosto dos bancos é rebatido, o que facilita a acomodação de objetos compridos ou pesados.


Campo Grande News - Conteúdo de Verdade


O modelo conta com seis airbags, cintos de segurança dianteiros com sistema de pré-tensionadores, controle eletrônico de estabilidade e assistente em partida em rampa de série em toda as versões, assim como recursos altamente tecnológicos que otimizam a performance do veículo.
O sistema de freios do Novo Tracker conta com diversos recursos:

- Assistente de frenagem para situações de perda de eficiência por aquecimento. O carro é capaz de identificar potenciais situações de perda de eficiência de frenagem por aquecimento do sistema, como geralmente acontece em descidas de serra, quando a frequência e a intensidade de uso do equipamento é mais intensa. Neste caso, o veículo aumenta automaticamente a pressão do conjunto hidráulico para que o motorista não precise elevar demasiadamente a força de aplicação no pedal para realizar as frenagens.

- Mais um mecanismo interessante refere-se à atuação do sistema de freio em curvas. O veículo analisa constantemente a velocidade, a aceleração lateral e o ângulo de esterçamento do volante para otimizar a distribuição da força de frenagem em cada roda, aumentando a estabilidade e melhorando a dirigibilidade do carro inclusive em condições cotidianas de uso, antes de situações consideradas extremas, quando existe a necessidade de intervenção do sistema eletrônico de estabilidade.

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade


- O veículo conta ainda com recurso que ajuda a manter a trajetória em frenagens em linha reta, podendo aplicar uma força específica em cada roda, compensando variações comuns de aderência da pista ou da distribuição irregular do peso de carga, por exemplo.

- Outra novidade é a opção do sistema de alerta de colisão com sistema de frenagem autônoma em caso de emergência para mitigar ou mesmo evitar acidentes. Um recente estudo interacional mostrou que este tipo de tecnologia é capaz de evitar até metade das colisões frontais de trânsito. Uma câmera localizada no alto do para-brisas faz o monitoramento visual, enquanto sensores ultrassônicos fazem a leitura a fim de detectar a aproximação de algum outro veículo à frente. Primeiro, o Novo Tracker tanta alertar o condutor por meio de um alarme sonoro e de um faixo luminoso que é refletido na base do para-brisas. Caso não haja qualquer reação do motorista, o sistema aciona automaticamente os freios.

O pacote de segurança do Novo Tracker ainda oferece alerta de ponto cego, sensores de estacionamento dianteiros, traseiros e laterais com indicação gráfica no computador de bordo e câmera de ré com linhas guias que projetam a movimentação do veículo conforma o ângulo de esterçamento do volante.


Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Na parte mecânica a novidade é a nova família de motores turbo que o deixam até 17% mais econômico. Índices que posicionam o modelo como o Flex mais econômico do seu segmento mesmo em condições combinadas de uso, apontam as médias do Inmetro.

São duas opções de propulsores ECOTEC três cilindros: 1.0T (16,8 kgfm e 116 cv) e 1.2T (21,4 kgfm e 133 cv), esta última disponível exclusivamente com transmissão automática.
Na configuração de entrada, com transmissão manual, o Novo Tracker mostrou rodar médias até 14,8 km/l (G) e 10,4 km/l (E) em perímetro rodoviário e até 13 km/l (G) e 9 km/l (E) em trechos urbanos, números impressionantes levando em consideração o tamanho do veículo. Com transmissão automática as médias de consumo do Novo Tracker 1.0T são 13,7 km/l (G) 9,6 km/l (E) e 11,9 km/l (G) e 8,2 km/l (E), respectivamente.

Já o modelo 1.2T percorre, na estrada, médias de 13,5 km/l (G) e 9,4 km/l (E). Na cidade, os números passam para 11,2 km/l (G) e 7,7 km/l (E).

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade


Quanto ao comportamento em acelerações e retomadas de velocidade, o Novo Tracker 1.0T se destaca em relação a outros modelos turbinados ou a modelos até 1.8L aspirados. A aceleração de 0 a 100 km/h é feita em 10,9s.

Preços e versões:


• Tracker 2021 1.0 turbo: R$ 82.000
• Tracker 2021 LT 1.0 turbo: R$ 89.900
• Tracker 2021 1.2 turbo: R$ 90.500
• Tracker 2021 LTZ 1.2 turbo: R$ 99.900
• Tracker 2021 Premier 1.2 turbo: R$ 112.000

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário