A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

06/11/2016 17:35

Candidatos se surpreendem com redação e dizem que prova foi longa

Leonardo Rocha e Adriano Fernandes
Candidatos deixam a Uniderp, após terminarem prova do Enem (Foto: Marcos Ermínio)Candidatos deixam a Uniderp, após terminarem prova do Enem (Foto: Marcos Ermínio)
Lucas Rocha ficou surpreso com tema de redação, esperava que o assunto fosse os refugiados (Foto: Marcos Ermínio)Lucas Rocha ficou surpreso com tema de redação, esperava que o assunto fosse os refugiados (Foto: Marcos Ermínio)
Marcos Alves fez a prova do Enem apenas para teste, pois ainda cursa 2° ano (Foto: Marcos Ermínio)Marcos Alves fez a prova do Enem apenas para teste, pois ainda cursa 2° ano (Foto: Marcos Ermínio)

Os candidatos disseram que o 2° dia de prova do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) teve questões longas e complexas, principalmente de interpretação de texto. Eles também ficaram surpresos com o tema da redação, já que esperavam questões relacionadas a política ou refugiados.

Veja Mais
Corrida dos atrasados marcou o Enem na Capital
Fiscal passa mal durante prova do Enem e é socorrido pelos Bombeiros

A estudante Isis Pileggi, de 23 anos, ressaltou que as questões de interpretação de texto foram muito extensas e longas, assim como a parte de literatura."Achei a prova de hoje muito complexa". Sobre a redação, ficou surpresa com o tema, já que espera outros assuntos.

O tema deste ano foi o combate a intolerância religiosa. "Como alternativa, sugeri que este tipo de crime tenha uma delegacia especial para análise, além disto seria importante campanhas publicitárias de prevenção", explicou a estudante.

Já o supervisor de telefonia, Lucas Rocha, 19, ponderou que esperava temas mais atuais, como a imigração e refugiados da Síria, no entanto ainda achou o assunto mais fácil do que do ano passado, que foi sobre a violência contra mulher. Sobre a prova, avaliou que as questões de linguagem estavam mais difíceis, que as demais.

Para Marcos Alves, 16 anos, a prova do Enem deste ano serviu como um "teste", pois ainda está cursando o 2° ano do Ensino Médio. Ele demorou apenas duas horas para terminar sua prova e ressaltou que as questões mais difíceis dos dois dias, foram as de química e física.

Em relação a redação, espera o tema de mobilidade urbana e acessibilidade, mas disse que deu sua contribuição para o assunto do ano. "Sugeri que fosse intensificada a legislação, para punir os crimes de intolerância".

Prova - Os candidatos receberam as provas às 12h30, e tiveram cinco horas e meia para responder a 90 questões, de linguagem e matemática, além de fazer a tradicional redação.

Em Mato Grosso do Sul 139.149 candidatos se inscreveram para as provas do Enem, sendo 59.071 em Campo Grande. Apenas 488 pessoas deverão fazer os testes nos dias 3 e 4 de dezembro, em função da ocupação de alunos, na Uems (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) de Paranaíba.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions