A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

08/10/2015 15:18

Fibria apresenta projeto de US$ 2,5 bilhões a investidores nacionais

Priscilla Peres
Unidade de Três Lagoas será ampliada até 2017. (Foto: Fibria)Unidade de Três Lagoas será ampliada até 2017. (Foto: Fibria)

O Projeto Horizonte 2, de ampliação da unidade da Fibria em Três Lagoas - distante 338 km da Capital, foi apresentado a investidores de todo o país durante o 48º Congresso e Exposição Internacionais de Celulose e Papel, em São Paulo. A empresa pretende investir US$ 2,5 bilhões na nova linha de produção.

Veja Mais
Fogo em vegetação atinge 32 vagões da ALL que transportava celulose da Fibria
Fibria pede indenização de R$ 100 mi da Eldorado por uso indevido de eucalipto

Realizado pela Associação Brasileira Técnica de Celulose e Papel, o Congresso é o principal evento latino-americano do setor. A nova linha de produção terá capacidade de 1,75 milhão de toneladas de celulose por ano, elevando a capacidade total para 3,05 milhões de toneladas/ano, a partir do quarto trimestre de 2017.

“A ampliação da unidade de Três Lagoas é um marco na história da companhia, que retoma a vocação de crescimento da Fibria. E a exposição da ABTCP é uma excelente oportunidade de expormos o Projeto Horizonte 2 para toda a nossa cadeira de clientes, parceiros e fornecedores”, afirma o presidente da Fibria, Marcelo Castelli.

As obras vão durar cerca de dois anos e ao longo desse período, estima-se que serão criados 40 mil empregos diretos e indiretos. Durante o pico, serão cerca de 10 mil trabalhadores, segundo a Fibria. Quando entrar em operação, a nova linha de celulose da Fibria terá 3 mil postos de trabalho, entre diretos e indiretos.

“O novo parque industrial terá processos produtivos modernos, com toda a energia consumida gerada na própria fábrica a partir de biomassa resultante do processo industrial. O uso eficiente dos recursos hídricos na futura fábrica e o acesso à madeira, com uma distância média da floresta de apenas 95 quilômetros, são outros pontos que destacam a expansão da unidade de Três Lagoas”, explica Paulo Silveira, diretor Executivo de Indústria e Engenharia da Fibria e membro do Conselho Diretor da ABTCP.

O governador do Estado, Reinaldo Azambuja (PSDB) tem destacado a importância de um projeto deste porte. “Foi com grande alegria que damos essa notícia já que é um dos maiores investimentos privados do Brasil e isso demonstra que mesmo em meio a uma crise podemos mostrar superação. Com muito trabalho encontramos o caminho do desenvolvimento”, afirmou o governador.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions