A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

16/04/2015 15:05

Reinaldo anuncia R$ 1,2 milhão para abrir hospital de cirurgias

Prédio foi alugado pela prefeitura e Estado vai ajudar com dinheiro; governador reafirmou que Hospital Regional não é prioridade

Helio de Freitas, de Dourados, e Liana Feitosa
Governador disse que não cancelou obra de hospital lançado por André, mas que prioridade é reativar imediatamente unidade com 70 leitos (Foto: Marcelo Calazans)Governador disse que não cancelou obra de hospital lançado por André, mas que prioridade é reativar imediatamente unidade com 70 leitos (Foto: Marcelo Calazans)

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) disse nesta quinta-feira que Estado vai investir R$ 1,2 milhão na compra dos equipamentos para o hospital voltado a fazer cirurgias pelo SUS (Sistema Único de Saúde) que será ativado em Dourados, a 233 km de Campo Grande. A unidade será implantada em parceria com a prefeitura da segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul no prédio onde funcionava o Hospital São Luiz. Desativado há alguns anos, o hospital deu lugar a uma clínica particular, que também fechou.

Veja Mais
Reinaldo espera recursos federais para retomar Hospital de Dourados
Governadoria regional será canal direto do cidadão com Reinaldo, afirma diretor

Ao participar de evento na Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul), Reinaldo comentou sobre a ativação da unidade para cirurgias ao voltar a falar sobre a obra do Hospital Regional de Dourados, lançada pelo ex-governador André Puccinelli (PMDB) e paralisada na primeira semana do atual governo. Nesta semana, o deputado estadual douradense José Carlos Barbosa (PSB) cobrou na Assembleia Legislativa a retomada da obra.

O hospital começou a ser construído no final de novembro em um terreno localizado na saída para Ponta Porã, na margem da BR-463, doado por um empresário da cidade.

Segundo Reinaldo, o Estado não cancelou a obra, como chegou a ser divulgado por meios de comunicação douradenses, mas apenas priorizou a abertura de uma estrutura já existente e que pode começar a funcionar imediatamente.

Empenho cancelado – “Diferente do que foi anunciado, nós paralisamos a obra [Hospital Regional de Dourados] porque não tínhamos nenhum recurso. Inclusive entreguei para o deputado Zé Teixeira a nota de cancelamento de empenho porque no dia 31 de dezembro [de 2014] o governo anterior cancelou o empenho, que era de R$ 19,3 milhões”, afirmou o governador.

“Como arrendamos um hospital, junto com o prefeito Murilo [Zauith], o governo do Estado vai investir R$ 1,2 milhão na compra de equipamentos. Vamos colocar dinheiro pra contratar profissionais, fazer um hospital para atender a região da Grande Dourados em cirurgias. A prefeitura locou e o Estado vai equipar e nós vamos abrir imediatamente esse hospital. Vamos fazer só cirurgia nesse hospital”, explicou Reinaldo.

Admite retomar – O governador não descarta a construção do Hospital Regional, mas para isso depende de recursos externos. “A gente vai discutir com a comunidade, com as lideranças, a importância de ter um hospital regional. O governo não descarta a construção, mas, momentaneamente, é muito mais viável equipar um já existente, abrir 70 novos leitos imediatamente do que aguardar três anos por uma obra para qual não tem recurso disponível”.

Mesmo não considerando neste momento a obra do hospital uma prioridade, Reinaldo Azambuja promete ir atrás de recursos para a construção. “Teve um convênio que o governo anterior enviou uma carta para o Ministério [da Saúde] desistindo dos recursos. Nós estamos tentando recuperar aqueles recursos pra jogar nesse hospital regional. E, se for uma necessidade da região, construir esse hospital".

Construção do Hospital Regional foi paralisada em janeiro e Reinaldo disse que vai atrás de recursos externos para retomar obra (Foto: Eliel Oliveira)Construção do Hospital Regional foi paralisada em janeiro e Reinaldo disse que vai atrás de recursos externos para retomar obra (Foto: Eliel Oliveira)



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions