A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

03/09/2015 14:21

Van estava com vistoria em dia e seguro obrigatório foi acionado, diz Agepan

Renata Volpe Haddad
Acidente matou oito pessoas na BR-267. (Foto: Jornal da Nova/Divulgação)Acidente matou oito pessoas na BR-267. (Foto: Jornal da Nova/Divulgação)

A Van Peugeot envolvida no acidente com uma carreta que vitimou oito pessoas na noite de ontem (2) na BR-267, estava com a situação cadastral regular e o seguro obrigatório de passageiros está em dia e já foi acionado para as providências cabíveis, segundo a Agepan (Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Mato Grosso do Sul).

Veja Mais
IFMS lamenta morte de estudantes em acidente que matou oito pessoas
Acidentes com animais em rodovias já mataram nove pessoas este ano

Através de nota à imprensa, a Agepan informa que o veículo de propriedade de Evando Borges Ferreira, 44, autônomo, que é uma das vítimas fatais do acidente, era cadastrado no Sistema de Transporte Rodoviário Intermunicipal de Passageiros e autorizado a atuar na linha Nova Andradina – Campo Grande. Esse operador é vinculado à cooperativa Coopervans Pantanal e sua situação cadastral está regular.

Procedimento de avaliação do acidente será aberta pela Agepan, conforme estabelece o Regulamento do Serviço de Transporte Rodoviário Intermunicipal de Passageiros de Mato Grosso do Sul (Decreto 9.234/1998 – artigo 53), levando em consideração as informações colhidas do operador e os registros feitos pelas autoridades competentes, como por exemplo, Boletim de Ocorrência, laudo de polícia técnico-pericial, dados constantes do disco de tacógrafo ou outro dispositivo equivalente utilizado.

A vistoria periódica do veículo está no prazo vigente e de acordo com o Sistema de Transporte de Passageiros, a certificação assegura que o veículo foi vistoriado no período determinado, que é a cada seis meses, o que não exime os operadores autônomos ou empresas de cumprirem durante toda a prestação do serviço as determinações legais quanto a itens e regras de segurança.

Acidente - Apenas duas pessoas sobreviveram ao acidente provocado por uma anta na pista. O motorista da Van Peugeot, de Campo Grande, atropelou o animal e invadiu a pista contrária. Com isso, a van bateu de frente com a carreta Mercedes Benz, com placas de Limeira (SP). A carreta transportava produtos químicos e após a colisão os veículos pegaram fogo.

Sobreviveram apenas o motorista da carreta, José Hilton de Almeida, 52 anos, que está internado na Santa Casa da Capital e uma passageira da van, Jaqueline Beatriz Pereira da Silva, cuja idade não foi divulgada.

Da cidade de Batayporã, morreu Luiza Alves da Rocha, 61 anos. De Nova Andradina, morreram Izilda Cristina Regasso Crivele, 54 anos, Carlos Antônio Cecílio de Lima, 67 anos, Rosimeide Passani de Medeiros, 48 anos, Ricardo Alves dos Santos, 24 anos e o motorista da van, Evando Borges Ferreira, 44 anos; além de Loius e Eliane. Quatro vítimas morreram carbonizadas e foram identificadas por parentes.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions