A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 29 de Setembro de 2016

01/06/2015 11:37

Geração de empregos na indústria de MS é 89% menor em 2015

Priscilla Peres
Indústria metalúrgica está entre as que mais fecharam postos de trabalho. (Foto: Fiems)Indústria metalúrgica está entre as que mais fecharam postos de trabalho. (Foto: Fiems)

Entre janeiro e abril de 2015, a indústria sul-mato-grossense gerou 1.313 postos de trabalho. O resultado é 89% menor que a média dos últimos 10 anos para a época, que é de 12.232 vagas abertas. Os dados da Fiems (Federação da Indústria de MS) mostram que o setor continua em desaceleração.

Veja Mais
Serviço e indústria de transformação garantem saldo positivo no emprego
Indústria estadual está há 11 meses sem crescimento da produção

Em abril, o setor industrial teve deficit de 342 vagas nos segmentos de indústrias de transformação, extrativismo mineral, construção civil e serviços de utilidade pública. No acumulado do ano o total de vagas encerradas pelo setor no Estado sobe para 596. As maiores reduções no mês de abril foram indústria de produtos alimentícios e bebidas (-386), indústria têxtil e do vestuário (-123) e indústria metalúrgica (-75).

No conjunto das atividades industriais, Mato Grosso do Sul encerrou abril de 2015 com um contingente de 133.019 trabalhadores formalmente empregados, queda de 0,28% em relação a março. “No entanto, a indústria segue respondendo pelo 2º maior contingente de trabalhadores formais empregados no Estado, com participação de 20,8% sobre o total. Atrás somente do setor de serviços, que emprega formalmente 184.596 trabalhadores e tem participação equivalente a 28,9%”, segundo o coordenador da Unidade de Economia, Estudos e Pesquisas da Fiems, Ezequiel Resende.

Em Mato Grosso do Sul, conforme o Radar Industrial da Fiems, no período de janeiro a abril de 2015, ao todo 99 atividades industriais apresentaram saldo positivo de contratação, proporcionando a abertura de 3.142 vagas. Por outro lado, no mesmo período, 102 atividades industriais apresentaram saldo negativo em Mato Grosso do Sul, proporcionando o fechamento de 3.738 vagas.

Em relação aos municípios, constata-se que em 44 deles as atividades industriais registraram saldo positivo de contratação no período de janeiro a abril de 2015, proporcionando a abertura de 2.163 vagas, destacando-se Angélica, Rio Brilhante, São Gabriel do Oeste, Nova Andradina, Dourados, Costa Rica, Maracaju, Itaquiraí, Chapadão do Sul, Iguatemi, Mundo Novo e Itaporã (+56).




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions