A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 21 de Outubro de 2017

23/05/2014 09:00

A nossa elite, a elite deles e a corrupção

Por Ruy Sant’Anna (*)

Como alguém sabidamente sendo da elite pode jogar falação contra quem também pertença à elite? A diferença entre aqueles que tentam nivelar as elites por baixo e os que se honram com tal posição é que os primeiros constantemente estão em notícias com seus companheiros acusados pela Polícia Federal na contravenção da lei. Aliás, é desde o governo Lula e agora Dilma que o jornalismo inaugurou novo estilo de página. Antes cada assunto tinha uma página específica; política, economia, geral, social, comportamento, esporte, polícia; os temas tinham sua página específica. Hoje os assuntos policiais, os escândalos no governo, estão numa mistura só de páginas e a imprensa inaugurou essa fase que o povo quer apagar.

Como Lula e Dilma podem teimar acintosamente ao se posicionarem contra a elite? Ora, essa teoria é sacana, pois só na cabeça pervertida deles e alguma seita religiosa é que o ser humano nasceu para ser pobre, humilhado, e infeliz.
Essa teoria que eles só querem para os outros, como um desígnio, é contra a vontade até de Deus que quer que todos possam viver com dignidade e riqueza. Sim, porque o dinheiro não é sujo como a faca não é assassina. A corrupção, a perversão está na cabeça das pessoas. Corrupção não é só apropriar-se do bem ou dinheiro públicos. Corrupção também está em se usar de falsos argumentos para tirar vantagem da miséria e sofrimento humano. Corrupto é também quem mente ou falseia a verdade para tirar proveito eleitoreiro.

Pior que isso, só a safadeza de querer manter pessoas nessa condição infame que os fazem acreditar na “bondade” de quem os escraviza sem lhes dar condições para viver do seu próprio trabalho e crescer na vida para alcançar as elites.
Sim, viver na elite é muito bom. Já vivi parte do esplendor da média, média alta elite. Por meu esforço, sacrifício e competência. O povo não é medíocre nem bobo; por enquanto está tolerando... Eu ainda não consegui chegar à elite financeira, mas pelo menos da elite intelectual não abro mão. Estou aqui até quando Deus quiser e eu agüentar, mas confio que Ele me manterá porque faço a minha parte e N’Ele confio.

Embrulha-me o estômago essa idéia sacana de exploração humana que destorce a realidade. É da natureza da mulher e do homem o crescimento em todos os sentidos para conseguir saúde, educação, segurança, mobilidade, casa própria, manter a dignidade etc. Tudo isso e muito mais conseguimos pelo esforço e mérito de cada um dos brasileiros porque o governo não nos devolve o que pagamos em impostos. O uso indevido do bem e dinheiro público é corrupção, todo mundo sabe; mas também a promessa não cumprida ou em pedaço, assim como “inaugurar” promessas é igualmente corrupção.

Gente, até o programa do tão falado “Minha Casa Minha Vida” do governo federal só está aí graças ao dinheiro subtraído pelo mesmo governo que desce o cacete nas elites, na qual eles Lula e Dilma estão inclusos... Ora, o dinheiro para tais obras saem do FGTS dos trabalhadores. E o pior é que além do dinheiro que está nesse programa ser dos trabalhadores, quando estes precisam das casas têm que pagar juros subsidiados pelos próprios trabalhadores. E o governo federal ainda obriga que tanto o município quanto o estado exibam ao lado do terreno do projeto: “Esta obra (dinheiro, verba) é “subsidiada pelo governo federal”. Tudo tem que estar escrito em letras e placas bem visíveis.

E os governos estaduais e municipais ainda têm que se sujeitar a esse abuso institucional, porque se não o governo federal não libera o dinheiro dos trabalhadores para os próprios trabalhadores. Além de que, se algum governo estadual ou municipal tentar quebrar essa regra vai para o banco de reserva: ou seja, vai receber muita promessa, fotos e vídeos com apertos de mão, sorrisos e abraços comprometedores eleitoralmente, até com anúncio de liberação de verba, mas a cor do dinheiro... è igual galo, todo mundo sabe que tem, mas ninguém vê.

Olha, aqui está uma “pontica” do que o povo agüenta e ainda tem que reverenciar a quem? À elite que não produz que está dentro ou próxima ao governo federal. Assim, a elite de Lula e Dilma não se sente culpada, mas quer que o povo viva constrangido, apequenado se quiser algumas melhorias. Mas, segundo Lula e Dilma a elite é tal qual coisa feia ou demoníaca. Por isso eles falam tão mal das elites. Mas, o povo mesmo assim luta para conseguir chegar e se manter na elite honrada.

Paro por aqui amigas e amigos com forte e gostoso abraço sincero de quem já provou e sabe como é bom estar na elite que luta por si e pela sua Pátria, sem patriotada eleitoreira, nem corrupção. E sem saudosismo. Beijos e o meu bom dia, o meu bom pra vocês.

(*) Ruy Sant’Anna, jornalista e advogado

O desafio de ensinar matemática
No mundo atual, com tanta tecnologia e diversão, como fazer um pré-adolescente, de 12 ou 13 anos de idade, acostumado com computadores, celulares e v...
O futuro do 42º porto do mundo
Embora seja o maior da América Latina e o 42º no ranking mundial divulgado há poucos dias pelo Lloyd´s List Maritime Intelligence, de Londres, o port...
O direito a desconexão do trabalho
Trabalho é meio de vida e não meio de morte. Essa afirmação confronta a realidade de milhões de profissionais brasileiros que são obrigados a enfrent...
Da hora, tio!
Confesso que estou com saudade dos tempos já vividos. Dos tempos em que às oito da matina as crianças já estavam na escola desde às sete e Marta e eu...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions