A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Outubro de 2019

23/07/2019 08:41

Amigos fazem vaquinha para traslado de cantora de MS que morreu em SP

Ariadna Alvin precisou fazer transplante de fígado no último sábado e faleceu ontem na capital paulista

Danielle Matos
Cantora mudou-se para São Paulo para investir na carreira. (Foto: Arquivo/Divulgação)Cantora mudou-se para São Paulo para investir na carreira. (Foto: Arquivo/Divulgação)

Após fazer um transplante de fígado na última segunda-feira (22), a cantora Ariadna Alvin faleceu em São Paulo. Nascida em Campo Grande, ela se mudou para a capital paulista, onde fez participações em programas como do Raul Gil e covers de Cássia Eller.

Para colaborar com a família, amigos da cantora decidiram abrir uma “vaquinha virtual” para arcar com os custos do traslado do corpo, orçado em R$ 6.600. Até o momento, o valor arrecadado é apenas 37% do necessário.

Ariadna mudou para São Paulo para fazer faculdade e pós-graduação na área de composição musical para cinema e TV. No último sábado (20), fez uma cirurgia de transplante de fígado devido a uma cirrose medicamentosa e, segundo amigos da cantora, faleceu por volta do meio-dia de ontem (22).

“Ela era referência aqui na cidade, fazia muitos shows e cantava em casas noturnas. Foi para São Paulo em busca do sonho de se realizar profissionalmente, mas infelizmente circunstâncias terríveis colaboraram para tudo isso”, conta uma amiga que prefere não se identificar.

Ela também afirma que a amiga lutava contra uma depressão e gravou recentemente em estúdios paulistas. Quem tiver interesse em contribuir com o financiamento pode acessar através deste link. 

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions