A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 18 de Outubro de 2019

16/09/2019 10:38

Autoescolas esperam procura maior com simulador opcional e menos aulas

Interessados em aprender a dirigir aguardavam resolução entrar em vigor para dar entrada no processo

Jones Mário
Autoescolas eram obrigadas a oferecer aulas em simulador desde janeiro de 2017 (Foto: Divulgação)Autoescolas eram obrigadas a oferecer aulas em simulador desde janeiro de 2017 (Foto: Divulgação)

A partir desta segunda-feira (16), aprender a dirigir está mais rápido e até 15% mais barato. Publicada há 90 dias, entrou em vigor hoje resolução do Contran (Conselho Nacional de Trânsito) que tornou opcional ao aluno o uso do simulador de direção e reduziu de 25 para 20 horas/aula o mínimo de aulas práticas para categoria B (carro). Quem adiou a entrada no processo de habilitação agora é esperado pelas autoescolas de Mato Grosso do Sul, que preveem maior movimento.

De acordo com o presidente do SindiCFC (Sindicato dos Centros de Formação de Condutores de Mato Grosso do Sul), Vagner Freitas, as escolas se adequaram às novas regras e começaram a orientar os futuros condutores a partir da publicação da resolução, no dia 16 de junho. “A gente espera uma procura maior. A maioria dos alunos preferiu esperar as novas regras para começar as aulas”.

Freitas confirmou que o valor para obter a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) categoria B deve ser reduzido em 10% a 15%. A previsão havia sido adiantada pelo ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes, em abril, após reunião do Contran. Segundo ele, a medida pretende desburocratizar a formação de motoristas.

Com a resolução, as autoescolas não precisam mais disponibilizar o simulador – que era obrigatório desde janeiro de 2016. O aluno agora pode optar por aprender com 20 horas/aula práticas no carro ou 5 horas/aula no simulador e mais 15 horas/aula no automóvel.

Efeito colateral – O presidente do SindiCFC relatou que a mudança já implica em demissões, uma vez que o instrutor de aulas no simulador agora tem função obsoleta. “A gente já vem atravessando uma crise muito longa e o que está acontecendo é a diminuição no quadro de funcionários das autoescolas”.

Outras mudanças – A resolução do Contran em vigor a partir desta segunda também altera outras regras para formação de condutores. Para a categoria A (motocicletas) passam a ser necessárias pelo menos 15 horas/aula práticas.

Por outro lado, as aulas noturnas foram reduzidas. Antes obrigatórias por 5 horas, agora basta 1 hora/aula para se habilitar ao exame prático.

Para obter autorização para a conduzir ciclomotores (“cinquentinhas”), a carga horária mínima será de 5 horas/aula.



As autos-escolas deveriam agradecer pela mudança na lei pois como estava, ninguem se animava a tirar a CNH pois era muito caro, muito demorado e burocrático. Com a simplificação muito mais pessoas vão mudar de ideia e tirar a carteira. O SindiCFC deveria agradecer ao invés de criticar as medidas que estão desfazendo tudo de ruim que os o governo passado nos deixou.
 
Jose Antonio Leal Batista em 16/09/2019 15:50:53
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions