ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SÁBADO  24    CAMPO GRANDE 31º

Cidades

Bebê morre com covid, uma das 46 vítimas da doença nas últimas 24 horas

Desde ontem a taxa de letalidade subiu para 2; no inicio de março era de 1.8

Por Ângela Kempfer | 28/03/2021 11:41
Ambulância no portão da Santa Casa, em Campo Grande. (Foto: Paulo Francis/Arquivo)
Ambulância no portão da Santa Casa, em Campo Grande. (Foto: Paulo Francis/Arquivo)

A semana começa mal em Mato Grosso do Sul, com mais um número alto de mortes por covid-19. Neste domingo, o boletim epidemiológico registra 46 óbitos, são quase 2 pessoas mortas por hora no Estado, 1 falecimentos a cada 31 minutos.

Entre as vítimas, 14 não tinham qualquer comorbidade que agravasse o quadro. Na lista, há bebê recém-nascido que deu entrada no hospital de Ponta Porã em 22 de março e morreu dois dias depois.

A estatística é bem pior que o apresentado no domingo passado, quando a Secretaria de Saúde informou 27 falecimentos. O mês é o mais dramático nesta pandemia, com 764 mortos.

Desde ontem, a taxa de letalidade está em 2.0. No inicio de março era de 1.8. O índice é medido pelo número total de óbitos em relação à quantidade de casos confirmados de infecção pela covid-19.

Também neste domingo, o boletim trouxe mais 1.280 infectados e mostra avanço nas internações. São 1.154 pessoas em hospitais, 463 em UTIs, além de outras 13.309 em isolamento domiciliar.

A variação é enorme considerando os outros domingos de março. No dia 7, eram 678 contaminados em hospitais, 320 deles em UTI. Sete dias depois, os números subiram respectivamente para 826 e 385. No domingo passado já eram 1.058 em leitos, 455 em estado mais grave.

Em Campo Grande, a doença matou 19 pessoas desde ontem. A Capital segue com o maior índice de ocupação de UTIs: opera 11% acima da capacidade.

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário