ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JULHO, SEGUNDA  15    CAMPO GRANDE 18º

Cidades

"Cenário de filme", conta bombeiro de MS sobre inundações no Rio Grande do Sul

Militares já resgataram 154 pessoas e 193 animais, em um dia de força-tarefa

Por Izabela Cavalcanti | 06/05/2024 08:14

“Trabalhamos 24 horas. Quando a gente chegou de madrugada, parecia que estávamos fazendo parte de um cenário de filme”. É dessa forma que o comandante da força-tarefa de MS no Rio Grande do Sul, Rodrigo Bueno, detalha a situação das inundações no estado Gaúcho.

O Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso do Sul já resgatou 154 pessoas e 193 animais. A equipe com nove militares chegou no sábado (04), às 23h, e trabalhou até o mesmo horário de domingo (05), sem parar. Na manhã desta segunda (06), as equipes voltaram para a força-tarefa.

Foram divididos três militares em cada barco. Os militares do 6° grupamento do Bombeiros Militar vão ficar por dez dias no Estado.

A princípio, os bombeiros iam atender as demandas no município de Montenegro, mas foram redirecionados para São Leopoldo.

Ainda de acordo com o comandante, a ação foi realizada ainda debaixo de chuva. No local, o Rio dos Sinos inundou. “A maior cheia que deu foi de noite, foi de madrugada”, pontuou.

Sobre as doações, Rodrigo diz que não consegue dimensionar em relação ao tamanho da tragédia.

“Com esse trabalho pontual na cidade de São Leopoldo, não consigo ter a dimensão do que povo do Rio Grande do Sul está precisando. Aqui eu percebo que tem uma união das entidades, prefeitura, está todo mundo unido pela cidade. Todo mundo está sendo resgatado, está indo para um abrigo. Se eu pudesse dizer o que precisa é de mais gente trabalhando, porque é muita demanda, mas a gente vai fazendo um trabalho de formiguinha”, destacou.

Situação – Rio Grande do Sul já decretou situação de calamidade pública devido às inundações pela chuva, que começou no último sábado (27) e já ultrapassou o esperado para o ano inteiro. Foram afetados 332 municípios.

Conforme dados da Defesa Civil do Estado, até às 9h de ontem, foram registrados 66 óbitos; 101 desaparecidos; 155 feridos. Além disso, 15.192 pessoas estão em abrigos; 80.573 desalojados; e 707.190 pessoas afetadas.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias