ACOMPANHE-NOS    
JULHO, DOMINGO  25    CAMPO GRANDE 28º

Cidades

Campo Grande News faz 22 anos; o 1º aniversário no turbilhão de uma pandemia

Escrever em 2020 foi tarefa difícil, mas seguimos nas ruas, falando de despedidas e recomeços

Por Ângela Kempfer | 04/03/2021 17:36
Marcos Maluf e Aletheya Alves, fotógrafo e repórter em tempos de pandemia. (Foto: Henrique Kawaminami)
Marcos Maluf e Aletheya Alves, fotógrafo e repórter em tempos de pandemia. (Foto: Henrique Kawaminami)

Passamos por governadores, prefeitos, crises econômicas, polarização política, acidentes trágicos, temporais que destruíram ruas e agora inserimos na nossa história uma pandemia. Neste 4 de março, o Campo Grande News comemora 22 anos em meio a uma transformação mundial na forma de viver e comunicar.

Neste primeiro ano de pandemia sofremos junto as famílias de 185 mil sul-mato-grossenses contaminados e dos 3.393 mortos pela covid no Estado. Na nossa equipe, foram 7 infectados e outros 2 colegas em luto por mãe e pai que não sobreviveram à doença. Mas a gente segue firme, nas ruas, falando de despedidas, saudades, de curas e de recomeços.

No aniversário do maior portal de notícias de Mato Grosso do Sul lembrar de como chegamos até aqui é também uma forma de contribuir contra os medos que virão, no escuro de uma doença que dia após dia nos surpreende.

Em 1999, quando o Campo Grande News surgiu, poucos acreditavam na boa revolução a partir das conexões criadas pela internet. Em 2021, são as possibilidades on-line que fazem o mundo resistir, inovar nas rotinas e mobilizar milhões de pessoas pelo bem um do outro.

Naquele tempo, iniciar um novo caminho, longe das folhas gigantes de um jornal impresso, preocupou muito, mas não paralisou. A união de uma pequena equipe, disposta a construir algo novo, fez tudo dar certo.

Hoje, somos mais de 50 profissionais, entre jornalistas, motoristas, publicitários e prestadores de serviços, muito melhor preparados e conscientes da tarefa de incentivar comportamentos solidários.

Comemoramos esse aniversário em meio a um turbilhão de informações que exigem tranquilidade na apuração, para discernir o que é fato e o que é fake. Para priorizar o interesse coletivo, sem  alinhamentos cegos a qualquer ideologia. Sem ceder à pressão econômica. Sem abrir mão de diferentes opiniões ou virar as costas para as críticas.

Pelo respeito à vida dos milhares de leitores que diariamente nos acompanham, iniciamos hoje mais um ano de Campo Grande News, com fé de que em 2022 a comemoração será completa, sem restrições.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário