ACOMPANHE-NOS    
MAIO, SÁBADO  30    CAMPO GRANDE 17º

Cidades

Com atraso do ministério, novos leitos de UTI ainda não foram instalados no HR

Expectativa era que equipamentos chegassem ainda no fim do semana

Por Lucia Morel | 31/03/2020 15:32
Hospital de Campanha está sendo montado no HR e equipamentos estão sendo comprados para equipá-lo. (Foto: Kísie Ainoã)
Hospital de Campanha está sendo montado no HR e equipamentos estão sendo comprados para equipá-lo. (Foto: Kísie Ainoã)


Esperados para o fim de semana, os dez leitos de UTI (Unidades de Terapia Intensiva) que serão instalados no Hospital Regional Rosa Pedrossian ainda estão sem data para serem ativados. As unidades vão ampliar o atendimento a pacientes graves acometidos pelo novo coronavírus.

Na semana passada, em transmissão ao vivo pelo Internet, o secretário de saúde Geraldo Resende, informou que os respiradores e outros equipamentos para montagem dos leitos já estavam a caminho, o que não se concretizou. “A gente achou que chegava até o fim de semana, mas não chegaram”, disse.

Na avaliação de Resende, o Ministério da Saúde deve ter dado prioridade de envio de equipamentos para estados e cidades em situação mais grave. “Eu entendo o ministro (Luiz Henrique Mandetta), deve estar sendo difícil gerir tudo e há cidades em em maior gravidade precisando dos equipamentos”, avalia.

Os dez leitos ficarão em uma “ilha” no HR, ampliando a capacidade do hospital em leitos de UTI. Além desses, o governo do Estado está comprando equipamentos para instalar 48 novos leitos semi-intensivos no 7º andar do hospital, que servirão para atendimento de pacientes não crítico e que não precisem de  ventilação mecânica para respirarem.

Seguem-se compras também pata a entrada em operação, no dia 6 de abril, do Hospital de Campanha / Centro de Triagem que está sendo montado no estacionamento do Hospital Regional.