ACOMPANHE-NOS    
JULHO, QUARTA  28    CAMPO GRANDE 12º

Cidades

Com meta de imunizar 972,8 mil em MS, campanha contra gripe começa em abril

Vacinação começa dia 12 de abril e vai até 9 de julho para imunizar 90% de 1,080 milhão de pessoas em MS

Por Silvia Frias | 16/03/2021 12:02
Meta nacional é imunizar 90% do público de 79,7 milhões de pessoas contra gripe (Foto/Arquivo: Henrique Kawaminami)
Meta nacional é imunizar 90% do público de 79,7 milhões de pessoas contra gripe (Foto/Arquivo: Henrique Kawaminami)

Com possibilidade de imunizar até 1,080 milhão de pessoas em Mato Grosso do Sul, a campanha de vacinação contra gripe começa no dia 12 de abril em todo o País e vai até 9 de julho. A meta nacional é atingir 90% dos 79,7 milhões de brasileiros que compõem o público-alvo.

Levando em consideração este percentual, serão imunizadas 972.807 mil pessoas do público-alvo de 1.080.897.

Nesta campanha, serão imunizadas crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade, gestantes, puérperas, povos indígenas, trabalhadores da saúde, idosos com 60 anos ou mais, professores, doentes crônicos, pessoas com deficiência permanente, forças de segurança e salvamento, forças armadas, caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo, funcionários do sistema prisional e presos.

A vacinação será feita de forma escalonada – os grupos prioritários serão distribuídos em três etapas. Os municípios terão autonomia para definir as datas de mobilização (Dia D), conforme a realidade de cada região.

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza coincidirá com a realização da vacinação contra a covid-19. Considerando a ausência de estudos sobre a coadministração das vacinas, o Ministério da Saúde não recomenda a aplicação das duas doses simultaneamente. A orientação, neste momento, é priorizar a imunização contra o Covid-19.

As pessoas que fazem parte do grupo prioritário para a vacinação contra Influenza e que ainda não foram vacinadas contra a Covid-19, deve ser priorizada a dose contra a Covid-19 e agendada a vacina contra a Influenza, respeitando intervalo mínimo de 14 dias entre elas.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário