ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SÁBADO  08    CAMPO GRANDE 22º

Cidades

Desde sexta, MS teve 21 mortes, 3 vezes mais que nos fins de semana de junho

Covid matou, em média, 7 pessoas nos fins de semana no mês passado

Por Ângela Kempfer | 13/07/2020 10:53
Ambulância do Samu deixa Hospital Regional, em Campo Grande. (Foto: Marcos Maluf)
Ambulância do Samu deixa Hospital Regional, em Campo Grande. (Foto: Marcos Maluf)

Desde sexta-feira, 21 mortes por covid-19 foram oficializadas em Mato Grosso do Sul. Algumas vítimas faleceram em dias anteriores, mas o registro só ocorreu depois do teste confirmados para coronavírus.

O número oficial desta segunda-feira é maior que o do fim de semana passada, quando foram registrados 15 óbitos no total, e bem superior aos fins de semana de junho, quando a média era de 7 mortes oficialmente divulgadas à segundas. Em julho, já são 77 óbitos

Hoje, entram no boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde as mortes de 2 pessoas de  Campo Grande: homem de 64 anos, com doença cardiovascular crônica e diabetes, e uma mulher de 61, com as mesmas comorbidades.

Outras 3 vítimas são de Dourados: homem de 75 anos, com doença cardiovascular crônica e asma, além de paciente do sexo masculino de 55, com pneumopatia crônica, mesmo agravante que levou outro homem à morte, aos 41 anos.

Coxim também registrou 1 óbito, de mulher de 58 anos, com doença cardiovascular crônica.

No Estado, já são 13.461 contaminados, mas 70% deles são considerados recuperados. Na Capital, o número de infectados subiu para 4.640, com mais 140 casos desde ontem. Pela SES, Campo Grande teve só 2 mortes em 24 horas, mas segundo a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), foram 6 desde domingo, com 37 desde o início da pandemia.

O número de internações continua praticamente igual ao de ontem, mas bem alterado em relação a última sexta-feira. Passou de  269 geral e 125 em UTIs no dia 10, para286 e 134, respectivamente hoje.

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade