ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JULHO, SEGUNDA  15    CAMPO GRANDE 19º

Cidades

Em um ano, motoristas destruíram 103 postes em acidentes

Número de colisões caiu 29% entre janeiro a dezembro de 2023, informa a concessionária Energisa

Por Gustavo Bonotto | 09/01/2024 22:18
Veículo atingiu poste na véspera de Natal, em Nova Andradina. (Foto: Reprodução/Jornal da Nova)
Veículo atingiu poste na véspera de Natal, em Nova Andradina. (Foto: Reprodução/Jornal da Nova)

O número de colisões de trânsito que resultaram na queda de postes elétricos caiu 29% em 2023, informa a concessionária Energisa em nota enviada à imprensa nesta terça-feira (9). De acordo com a responsável, 103 ocorrências foram registradas entre janeiro e dezembro.

Em 2022, o número chegou a 176. A maior parte das ocorrências foram no perímetro urbano com 95 colisões. Na zona rural foram 81.

A capital, Campo Grande, puxa o ranking com 28% dos casos (29). Depois aparecem Ponta Porã (6), Aparecida do Taboado (5) e Chapadão do Sul (5). Na média, o gasto com reparos chegou a R$ 515 mil.

Segundo o texto, o condutor é responsável pelo ressarcimento dos custos envolvendo a manutenção da estrutura e equipamentos danificados. O custo médio de cada poste é de aproximadamente R$ 5 mil, contudo, o valor pode variar de acordo com o tipo de estrutura e, também, com os equipamentos afetados.

Em caso de urgência envolvendo a rede elétrica, avise a Energisa. O atendimento pode ser realizado pelo telefone 0800 722 7272, aplicativo Energisa On, redes sociais e site energisa.com.br ou para a Gisa no número (67) 99980-0698.

Receba as principais manchetes no seu celular. Clique aqui e acesse o canal de notícias do Campo Grande News.

Nos siga no Google Notícias