ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, DOMINGO  23    CAMPO GRANDE 27º

Cidades

Governo suplementa R$ 516,8 milhões para saúde e pagamento de aposentadorias

Além da folha da Ageprev, acréscimo ao orçamento vai para custear despesas e projetos de órgãos

Por Adriel Mattos | 08/12/2021 15:08
Sede da Governadoria de Mato Grosso do Sul, no Parque dos Poderes. (Foto: Edemir Rodrigues/Arquivo/Subcom-MS)
Sede da Governadoria de Mato Grosso do Sul, no Parque dos Poderes. (Foto: Edemir Rodrigues/Arquivo/Subcom-MS)

O governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), assinou decreto abrindo crédito suplementar de R$ 516,8 milhões para despesas em diversas áreas. O texto foi publicado na edição desta quarta-feira (8) do Diário Oficial Eletrônico.

A maior fatia, de R$ 215,1 milhões, vai para a Ageprev (Agência de Previdência Social) quitar a folha de aposentadorias e pensões. Outro montante, de R$ 68,2 milhões será utilizado com o mesmo objetivo. Mais R$ 9,6 milhões vão para gestão do sistema de proteção social dos militares.

Outra parte (R$ 39,7 milhões) vai para gestão e manutenção do Fundo Estadual de Saúde, ou seja, para custear ações e despesas cotidianas. Com a mesma finalidade, serão destinados R$ 37,7 milhões para o Hospital Regional de Mato Grosso do Sul “Rosa Pedrossian”, em Campo Grande.

A SED (Secretaria de Estado de Educação) terá repasse de R$ 63,3 milhões e a Sefaz (Secretaria de Estado de Fazenda), R$ 55,7 milhões. Por fim, R$ 4 milhões serão destinados para o refinanciamento da dívida pública contratual estadual interna.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário