ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SEXTA  30    CAMPO GRANDE 15º

Cidades

Impugnações suspendem licitação de fase final da obra do Aquário do Pantanal

Serviço de instalação elétrica é uma das três fases finais da conclusão da obra

Por Silvia Frias | 05/03/2021 07:55
Parte interna do Aquário, após retomada das obras, já com as monocapas instaladas (Foto/Divulgação)
Parte interna do Aquário, após retomada das obras, já com as monocapas instaladas (Foto/Divulgação)

O Governo de Mato Grosso do Sul suspendeu a licitação que iria contratar empresa responsável pelas instalações elétricas no Aquário do Pantanal, uma das três fases finais da obra retomada em 2019. A interrupção foi feita após impugnações apresentada por empresas concorrentes.

O aviso de suspensão foi publicado pela Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos) e informa que não há prazo hábil para análise das impugnações protocoladas por essas empresas. O edital será republicada para nova data de abertura do cerame.

Segundo a equipe técnica responsável pelas licitações, as três últimas frentes (Elétrica, Civil e Automação), a princípio, seriam lançadas de forma conjunta, mas para garantir maior participação de empresas licitantes optou-se pelo desmembramento. Foi devido a essa mudança que o número das frentes de trabalho saltou de 10 para 12.

Dezembro de 2021 foi o prazo estipulado para entrega das obras do Aquário do Pantanal. Alguns previstos nos editais vão além dessa data final, mas, segundo a equipe técnica, é uma medida que pretende apenas antever possíveis intercorrências que venham a atrapalhar a execução da obra.

Ao todo a obra custará mais de R$ 200 milhões, diferente dos R$ 79 milhões que foi anunciado no início da década.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário