ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, DOMINGO  20    CAMPO GRANDE 14º

Capital

Agesul faz na 4ª-feira licitação de R$ 20 milhões para dar fim à obra do Aquário

Edital exige garantia de participação de empresas no valor de 1% do teto, portanto R$ 200 mil

Por Aline dos Santos | 31/01/2021 15:51
Aquário do Pantanal é construído na Avenida Afonso Pena, em Campo Grande. (Foto: Silas Lima)
Aquário do Pantanal é construído na Avenida Afonso Pena, em Campo Grande. (Foto: Silas Lima)

A Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos) recebe as propostas na quarta-feira (dia 3) na licitação com teto de até R$ 20 milhões para conclusão da parte civil do Aquário do Pantanal,  cujo nome oficial é Centro de Pesquisa e Reabilitação da Ictiofauna Pantaneira.

Na ocasião, as empresas interessadas devem apresentar documentação de habilitação e proposta de valor. Nos documentos, é preciso comprovar qualificações técnica e financeira, além da regularidade fiscal e trabalhista.

A concorrência 080/2020 foi lançada em 30 de dezembro do ano passado, na modalidade menor preço. Conforme o edital, será exigida a garantia de participação correspondente a 1% do teto da licitação.  Portanto, R$ 200 mil. A garantia será devolvida às demais licitantes quando for formalizada a contratação da vencedora.

A garantia será apropriada aos cofres da Agesul, quando a empresa depositária, sendo vencedora, recusar-se a assinar o contrato, por justificativa não aceita pela agência.

No ano passado, o governo estadual lançou sete licitações para obra do Aquário do Pantanal, que juntas superam mais de R$ 15 milhões, em diferentes frentes: sistema de suporte à vida das espécies, climatização, estrutura da passarela, revestimento do forro, cenografia e impermeabilização dos tanques.

Em 2021, a licitação do sistema de suporte à vida não teve interessados e o edital foi relançado. O Aquário do Pantanal é construído na Avenida Afonso Pena, em Campo Grande.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário