ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, SEGUNDA  01    CAMPO GRANDE 19º

Cidades

MS é exemplo de rapidez em resultados dos exames de coronavírus

Em alguns estados do Brasil, a população chega a aguardar de cinco a 15 dias para conhecer o resultado; aqui não passa de 48 horas

Por Lucia Morel e Tainá Jara | 31/03/2020 18:43
Capacidade diária é de realizar 50 testes, mas se demanda por exames aumentar, prazo de 48 horas para resultado também pode crescer. (Foto: Divulgação)
Capacidade diária é de realizar 50 testes, mas se demanda por exames aumentar, prazo de 48 horas para resultado também pode crescer. (Foto: Divulgação)

Mato Grosso do Sul sai na frente e é exemplo de agilidade no diagnóstico de casos do novo coronavírus. Em algumas cidades e estados do Brasil, a população chega a aguardar de cinco a 15 dias para conhecer o resultado. Já aqui, não tem passado de 48 horas, sendo um dos mais rápidos do País.

Para a superintendente-geral de Atenção à Saúde da SES (Secretaria de Estado de Saúde), Mariana Croda explica que “o que demora mais é a coleta do interior, mas nosso prazo limite é 48h, colocamos esse prazo pra nós”.

Segundo o que ela explicou ao Campo Grande News, alguns resultados ficam prontos até antes, em 24 horas, mas pondera que isso só tem sido possível, graças ao número consideravelmente baixo de casos suspeitos da doença.

“Se tivermos mais exames para rodar, aí não vai dar pra cumprir esse prazo. Nossa capacidade é de 50 exames por dia. Se mantiver isso, damos conta. Conseguimos porque a quantidade de casos suspeitos não está aumentando muito, se aumentar, daí não dá”, avalia.

Croda participou da transmissão ao vivo do governo do Estado em que são divulgados os dados diários de Covid-19 em Mato Grosso do Sul. Ela reforçou na live que o Estado “é um modelo frente aos outros estados tanto na rapidez quanto no resultado dos exames”.

E explicou as dificuldades do exame. “O teste molecular não é um exame simples. Então, ele não é um teste rápido. Ele requer uma mão de obra extremamente especializada, com equipamentos também muito modernos. O Mato Grosso do Sul, no Laboratório Central, conseguiu adquirir rapidamente essa tecnologia e nós temos sido modelo sim: 24h a 48h para um resultado de coronavirus não é um tempo prolongado”, destacou durante a transmissão.

A superintendente sustentou ainda que “o resultado colabora conosco para entender melhor a epidemiologia”.

O Governo do Estado ainda prepara a compra de dez mil exames da biologia molecular, além de 20 mil exames para fazer testes rápidos para atender os profissionais de saúde e outros servidores que trabalham em ações diretas de combate a pandemia.