ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, TERÇA  03    CAMPO GRANDE 26º

Cidades

No domingo, Campo Grande ficou entre os piores em isolamento do País

Campo Grande obteve índice de isolamento de 43,19%; Mato Grosso do Sul ficou em penúltimo entre os estados

Por Silvia Frias | 22/03/2021 08:37
Movimentação nos altos da avenida Afonso Pena neste domingo (Foto: Paulo Francis)
Movimentação nos altos da avenida Afonso Pena neste domingo (Foto: Paulo Francis)

No fim de semana que antecedeu as medidas mais restritivas em Campo Grande, a cidade alcançou taxa de isolamento de 43,86%, entre as três piores posições das capitais do País. O resultado é ainda pior se forem observados os índices entre os estados: Mato Grosso do Sul ficou na penúltima posição.

Segundo base de dados In Loco, usada pelo governo estadual, Mato Grosso do Sul obteve índice de isolamento de 43,19%, a penúltima posição, ficando à frente apenas do Rio de Janeiro (42,31%). Os melhores resultados ficaram com Acre (56,31%), Rio Grande do Sul (50,79%) e Ceará (50,40%).

As piores colocações em Mato Grosso do Sul ficaram com Bela Vista (22,6%), Dois Irmãos do Buriti (26,9%) e Nova Alvorada do Sul (27,1%). As melhores posições foram Jaraguari (68,4%), Bodoquena (56,5%) e São Gabriel do Oeste (49,5%).

Jaraguari foi o único município que ultrapassou o mínimo considerado ideal pela OMS (Organização Mundial de Saúde), que é de 60%.

No comparativo entre os municípios de MS, Campo Grande ficou em 12º colocação, mas, na avaliação nacional, ficou entre as três piores colocações, à frente apenas de Boa Vista (43,64%) e Rio de Janeiro (42,93%). Melhores índices foram Rio Branco (57,40%), Curitiba (55%) e Porto Alegre (54,13%)

Avaliação - A base de dados da In Loco, que usa como referência 60 milhões de telefones celulares existentes no País, é utilizada pelo Governo de Mato Grosso do Sul para estudar o comportamento da população e como isso tem refletido no aumento dos casos confirmados.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário