ACOMPANHE-NOS    
FEVEREIRO, SÁBADO  27    CAMPO GRANDE 22º

Cidades

Operação garante transferência de "Bonitão" para presídio federal de Catanduvas

Ele foi preso no último sábado, 9 de janeiro, em Pedro Juan Caballero, no Paraguai

Por Lucia Morel | 15/01/2021 17:30
Policiais escoltam preso sendo levado de Curitiba para presídio em Catanduvas. (Foto: PF de Corumbá)
Policiais escoltam preso sendo levado de Curitiba para presídio em Catanduvas. (Foto: PF de Corumbá)

O traficante Giovanni Barbosa da Silva, o “Bonitão”, um dos principais líderes do PCC (Primeiro Comando da Capital) no Paraguai, foi transferido hoje para a Penitenciária Federal em Catanduvas (PR). Ele foi preso no último sábado, 9, em Pedro Juan Caballero, no país vizinho.

Giovanni é acusado de tráfico internacional de drogas e armas aqui no Brasil. (Foto: Reprodução)
Giovanni é acusado de tráfico internacional de drogas e armas aqui no Brasil. (Foto: Reprodução)

Segundo informações da Polícia Federal do Paraná, ele foi mantido na sede da corporação, naquele estado, desde que foi deportado ao Brasil, no domingo, 10. Houve reforço de segurança do local por policiais federais e militares, com equipes da RONE (Rondas Ostensivas de Natureza Especial) da Polícia Militar. Giovanni é acusado de tráfico internacional de drogas e armas aqui no Brasil.

Preso por autoridades de segurança paraguaias no dia 9, à noite, “Bonitão”, também conhecido como “Coringa”, ficou na sede da Base de Investigações Criminais em Pedro Juan, de onde integrantes da facção tentaram resgatá-lo após tiroteio e uso de refém. Os policiais do país vizinho conseguiram conter a tentativa de fuga.

O preso foi entregue por autoridades paraguaias à Polícia Federal em Foz do Iguaçu (PR), na Ponte da Amizade, no último domingo. Ele foi removido para a Sede da PF em Curitiba no dia 13 de janeiro.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário