ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, DOMINGO  20    CAMPO GRANDE 14º

Cidades

Superintendente da PF deixa cargo e delegado de Dourados assume

Marcelo Correia Botelho deixa a função, que será assumida pelo delegado Chang Fan, que estava em Dourados

Por Silvia Frias | 12/05/2021 07:35
Marcelo Correia Botelho deixa o cargo após 8 meses na função (Foto/Divulgação)
Marcelo Correia Botelho deixa o cargo após 8 meses na função (Foto/Divulgação)

Oito meses após assumir a superintendência da PF/MS (Polícia Federal de Mato Grosso do Sul), o delegado Marcelo Correia Botelho deixa o cargo, conforme portaria publicada hoje no Diário da União. Na mesma edição, consta a nomeação do delegado Chang Fan para o cargo

As portarias com a dispensa e nomeação dos delegados foram assinada pelo secretário-executivo do Ministério da Justiça, Márcio Nunes de Oliveira. Não consta qual o destino de Botelho na PF.

Em abril, mudança já havia sido adiantada na coluna Jogo Aberto do Campo Grande News. A dança das cadeiras já era esperada por conta da mudança no comando do ministério da Justiça, agora, com Anderson Torres.

Marcelo Correia Botelho assumiu o cargo no dia 3 de setembro de 2020, no lugar do delegado Cleo Mazzotti, transferido para Brasília (DF) para assumir a função de coordenador-geral de Polícia Fazendária da Diretoria de Investigação e Combate ao Crime Organizado da corporação.

Chang Fan estava na PF de Dourados (Foto/Divulgação)
Chang Fan estava na PF de Dourados (Foto/Divulgação)

Naquele período, Botelho já estava em atuação em Mato Grosso do Sul, sendo, inclusive, diretor do Presídio Federal na Capital até 2014. Também trabalhou na superintendência da PF do Tocantins.

Chang Fan está na PF desde 1988 e delegado há 21 anos. Ele já comandou a delegacia de Dourados entre 2011 e 2013. Posteriormente, foi transferido para a PF do Acre.

Em maio de 2018 assumiu a PF de Dourados onde estava até agora. O Diário da União também não atualiza quem assumirá a função naquele município.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário