ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, SÁBADO  15    CAMPO GRANDE 22º

Cidades

Voluntários da saúde unem forças para ajudar famílias em duas cidades do RS

Fisioterapeuta criou 'Equipe SOS', que nesta semana segue viagem para Canoas e Cachoeirinha

Por Jéssica Fernandes | 13/05/2024 13:32
À esquerda, Danilo Assis divulgando grupo de voluntários nas redes do Crefito. 
À esquerda, Danilo Assis divulgando grupo de voluntários nas redes do Crefito.

Médicos, enfermeiros, fisioterapeutas e outros profissionais da saúde estão com as malas prontas para ir ao Rio Grande do Sul. Voluntários de Campo Grande e outros municípios de Mato Grosso do Sul irão prestar apoio às famílias desabrigadas. A ‘Equipe SOS’ planeja sair nesta semana e ficar seis meses auxiliando as vítimas das chuvas que atingem a região.

O grupo ‘Equipe SOS’ foi idealizado pelo fisioterapeuta Danilo Assis Arguelho que reside em Miranda, a 210 km da Capital. Atuando na área há quatro anos, ele conta que assim que soube da necessidade de voluntários decidiu mobilizar outros profissionais.

“Um amigo avisou que estava precisando de pessoas da área da saúde e eu conversei com o presidente do Crefito (Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional). Ele publicou na rede e todo mundo abraçou a causa”, diz.

Ao todo, o grupo conta com 30 voluntários entre formados e estudantes da Enfermagem, Fisioterapia, Psicologia, Medicina Veterinária, Medicina, além de técnicos em Enfermagem e socorristas. A ‘Equipe SOS’ sai na quarta-feira (15) de Campo Grande com roupas, remédios e outras doações.

O fisioterapeuta conseguiu transporte gratuito para poder viajar com os voluntários e um barco que será usado na locomoção entre as cidades de Canoas e Cachoeirinha. A princípio, a  ‘Equipe SOS’ irá atender nesses dois municípios prestando apoio ao Corpo Voluntário e Resgate, que já vem atuando na região desde o início da tragédia.

Henrique Matos, de 29 anos, é mais um voluntário de Mato Grosso do Sul. Responsável pela comunicação do grupo, ele não é da área da saúde, mas planeja ajudar com o que puder. “Tenho acompanhado bastante notícias e a gente fica querendo fazer algo a mais e não pode, como eu trabalho com a internet tenho essa disponibilidade de ir”, comenta.

Nas cidades, ele será responsável por dar suporte no atendimento, além de fazer a ‘ponte’ entre os voluntários de Mato Grosso do Sul e as respectivas famílias que ficarem aqui.

O grupo está aceitando doações em dinheiro para preparar kits de atendimento de urgência e manutenção dos voluntários no RS. A chave Pix é (67) 996235023. Além disso, interessados em participar do grupo podem entrar em contato no mesmo número.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias