A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

17/02/2016 21:46

"Coiotes" que traziam chineses para o Brasil por MS são condenados

Nyelder Rodrigues

Dois "coiotes" - pessoas que introduzem ilegalmente estrangeiros em outro país - foram condenados por pela Justiça Federal por trazerem chineses para o Brasil, passando por Mato Grosso do Sul.

A decisão, da 11ª Turma do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (MS e SP), leva em consideração que os réus têm plena consciência do ato ilegal cometido.

Ao todo, dez trabalhadores chineses foram introduzidos no Brasil. Inicialmente, eles ficavam na cidade boliviana de Puerto Quijarro, e entravam em território brasileiro pela vizinha Corumbá - localizada a 419 km de Campo Grande.

Eles foram denunciados pelo MPF (Ministério Público Federal). Segundo o órgão, os acusados não adotaram as providências cabíveis e que sabiam ser essas necessárias, mantendo os trabalhadores ocultos e na clandestinidade.

Ainda conforme a denúncia, os chineses foram transportados em uma van para evitar a identificação. Em depoimento, um dos acusados confessou que já tinha feito três viagens para Puerto Quijarro para a prática clandestina.

A pena definitiva para um dos réus ficou em um ano e seis meses de detenção, em regime aberto, tendo a pena privativa de liberdade sido substituída por prestação de serviços à comunidade e 10 dias multa, no valor de 1/30 do salário mínimo vigente na época dos fatos.

Para outro réu que orquestrou a ação, a pena ficou em dois anos e três meses de detenção, em regime inicial aberto, substituída por prestação de serviços à comunidade e 22 dias-multa, cada um no valor de 1/30 do salários mínimo vigente na época dos fatos.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions