A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

14/10/2016 15:36

“Ela fica chorando e pedindo socorro”, diz marido de suposta sequestrada

Luana Rodrigues
Mulher foi identificada apenas como Angela Mamed, já que marido não tem documentos dela. (Foto: Reprodução/ Facebook)Mulher foi identificada apenas como Angela Mamed, já que marido não tem documentos dela. (Foto: Reprodução/ Facebook)

Cleberson dos Santos Patrocínio, 26 anos, continua recebendo ligações e mensagens do celular da esposa Angela Mamed que, supostamente, foi sequestrada ao desembarcar no Aeroporto Internacional de Campo Grande, na manhã desta quinta-feira (13). O caso veio a tona nesta sexta-feira (14), depois que o marido denunciou o suposto sequestro a polícia.

Em entrevista ao Campo Grande News nesta tarde, Cleberson contou que vive uma agonia desde que a esposa sumiu. “Estou preocupado, porque eles ligam e ela fica chorando, pede pelo amor Deus para eu tirar ela de lá”, disse.

O rapaz conta que conheceu a mulher há cerca de nove meses, pela internet. Ele morava no Mato Grosso e ela no Amazonas, mas se viam frequentemente.

Antes dele vir trabalhar em uma madeireira em Mato Grosso do Sul, há cerca seis meses, eles teriam passado dois meses juntos e decidido se casar. “Ela queria vir para cá e eu disse que podia, não imaginei que ia acontecer isso”, afirma Cleberson.

Apesar de se dizer preocupado, à polícia Cleberson pareceu tranquilo com a situação, conforme consta no boletim de ocorrência. No Facebook de Angela, a última postagem que pode ser vista por todos é do mês de agosto.

O caso - O sumiço de Angela chegou à polícia na manhã de hoje, após denúncia de Cleberson. Fotos com roupas sujas, chorando e ainda uma ligação dizendo “estou com sua mulher aqui e não vamos liberar ela” foram as últimas noticiais que Cleberson teve sobre sua esposa.

Segundo o boletim de ocorrência, Angela teria ligado para o marido, dizendo que pegaria um táxi e iria até a rodoviária da Capital para depois seguir para Chapadão do Sul, município a 321 km de Campo Grande, onde ele mora.

Contudo, em seguida seu marido teria recebido uma ligação, as fotos e ainda mensagens por meio do WhatsApp em que os sequestradores pediam dinheiro pelo resgate da vítima, já que tinham usado todo o seu limite do cartão de crédito.

O que chamou a atenção, conforme o registro policial, é que na conversa do aplicativo, os sequestradores diziam que liberaram Angela na Rua Alcantara Machado, em Campo Grande, e que iriam quebrar o celular dela.

A ocorrência foi registrada em Chapadão do Sul por volta das 9h de hoje. Até o momento, a mulher não foi localizada. O caso é investigado como extorsão mediante sequestro.

Homem denuncia sequestro ao receber ligação e fotos da esposa chorando
Fotos de sua mulher com roupas sujas e chorando e ainda uma ligação dizendo “estou com sua mulher aqui e não vamos liberar ela” foram as últimas noti...
Indenizações por morte no trânsito crescem 24% em relação a 2016
O número de indenizações pagas pelo Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (Seguro Dpvat) entre janeiro e novemb...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions