A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 20 de Janeiro de 2018

04/11/2013 08:20

"Exemplar", policial perdeu controle pela 2ª vez por causa de bebida

Graziela Rezende

Titular da 7ª Delegacia de Polícia por mais de sete anos, tempo que também conviveu com o policial Carlos Peterson Fernandes, 34 anos, preso em flagrante há dois dias, após ter pego uma viatura e, juntamente com um preso, ameaçar pessoas no bairro Aero Rancho, o delegado Natanael Balduíno, ressalta que a conduta do suspeito era “exemplar” no trabalho.

“Carlos, enquanto plantonista e investigador na 7ª Delegacia, era um bom policial e cumpridor das suas tarefas, tinha uma conduta exemplar. Acredito que a bebida o fez perder o controle da situação novamente. Em 2008, ele se envolveu em uma situação semelhante no mesmo bairro e foi questionado sobre isso. Na ocasião, sustentou a versão de que não se lembrava de nada e se dizia muito arrependido”, afirma o delegado.

Por conta dos transtornos, o delegado acredita que o mais indicado para o policial é realizar tratamento médico. “Ele deveria se consultar com um psiquiatra, procurar ajuda para não sair mais embriagado”, comenta o delegado. Ao todo, Carlos infringiu ao menos seis artigos graves do Código da Polícia Civil.

Entre os artigos, usar viatura policial sem autorização, entregar o veículo para terceiros e ainda mais embriagado, apresentar-se desta maneira à população, ostentar a arma e ameaçar pessoas, entre outras infrações. Carlos permanece detido na 3ª Delegacia de Polícia.

Sobre a possibilidade de Carlos e o preso Ryan Douglas Vieira, 21 anos, serem amigos, o delegado diz que é inverídica tal informação. “Eles se conheceram na delegacia. E não há impedimento ilegal para a permanência de Ryan no local por sete meses, principalmente porque ele se envolveu em um crime de grande monta, no qual ouvimos mais de 20 testemunhas”, explica o delegado.

Neste período, ficaram inúmeros pontos a serem esclarecidos, tanto que o preso foi interrogado por ao menos quatro vezes. “O julgamento iria ocorrer em breve, porém a família convocou um advogado para tentar converter a pena de homicídio doloso para culposo no trânsito e por isso foi adiado. E acredito que foi neste período que o policial e o preso fizeram amizade”, finaliza o delegado.

Enlouqueceu? - Carlos foi detido após circular pelas ruas do bairro Aero Rancho, na companhia de um acusado de homicídio, ameaçando a população. Os dois apontavam armas de fogo para as pessoas.

Segundo nota divulgada pela Polícia Civil, a dupla estava em um Renault Logan de cor preta. Embora não estivesse de plantão no sábado, o investigador pegou a viatura da 7ª Delegacia de Polícia da Capital, onde é lotado, sem autorização.

Policial preso por sair com viatura e fazer ameaças é acusado de homicídio
O policial civil Carlos Peterson Fernandes, 34 anos, preso em flagrante na tarde de ontem (2) após pegar uma viatura da Polícia Civil e ameaçar morad...
Policial “rouba” viatura e ao lado de preso faz ameaças no Aero Rancho
O policial civil Carlos Peterson Fernandes, 34 anos, foi preso na tarde ontem (2) depois de pegar uma viatura da Polícia Civil e sair pelas ruas do b...
Rodovias federais de MS tiveram 162 mortes e 390 feridos graves em 2017
As rodovias federais que cortam Mato Grosso do Sul registram 1.928 acidentes durante o ano passado, sendo que destes resultaram 390 vítimas feridas g...
Carreta da Justiça retorna atendimentos semana que vem em Ladário
O calendário de viagens da Carreta da Justiça, projeto do TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), será retomado começa na próxima segunda-...


Bom, a máscara sempre cai e o caráter vem a tona.
O detento Ryan Douglas Wehner Vieira que estava de motorista (indevidamente/ilegalmente), só demonstrou pela segunda vez que costuma andar em alta velocidade, dirigir embriagado, promove desordem em via pública ameaçando pessoas e ainda o fez com apoio e participação da policia.
O racha que o detento participou e culminou com a morte de um jovem em março deste ano, fica difícil acreditar que de fato ele não estivesse nas mesmas condições de embriaguez e euforia.
 
vanja marina prates de abreu em 08/11/2013 16:52:42
Descordo de muitos comentários, começando pelo infeliz comentário sem conhecimento do Srº Pedro Santos que o alcoolismo é uma doença incurável, se informe melhor antes de dizer coisas sem nexo.
Concordo plenamente com o Srº Renan D`Avila, cada um é responsável pelos seus atos. Acho que deveria ter esse apoio psicológico para quem trabalha nessa área, principalmente após algum trauma que é o caso do Sr. Peterson.
Quanto a outros comentários acho que ninguém pode julgar as atitudes sem olhar pra si próprio, defeitos todo mundo tem. Repetindo cada um é responsável pelos seus atos, e ele responderá pelo dele.
 
Ellen Valério em 05/11/2013 11:03:18
tem mais policiais envolvidos nesta trama aí ??? a sociedade quer saber...por que não é possível que ele tenha feito o que fez sem ninguém ficar sabendo ou a delegacia estava fazia??? como é Sr Delegado por que não explica coisas relevantes para a sociedade afinal a sociedade pode ou não confiar na polícia civil???
 
aureliano sousa em 04/11/2013 21:55:34
é tão ridículo a tentativa de esconder que a polícia civil é tão problemática quanto qualquer força policial se acham tão superiores e tentam esconder suas vergonhas tão evidentes, não é a primeira vez que vem a público com sorriso amarelo e desculpa esfarrapadas tentando justificar o impossível para defender uma discrepância destas, basta né já deu, não somos tão burros assim.
 
aureliano sousa em 04/11/2013 21:45:23
Corporativismo burro por parte desses delegados. Isso não vai dar em nada até que ele apronte outra vez algo que pode ser muito pior. Ah, só pra lembrar, tenho alguns amigos que trabalham na policia, tanto civil quanto militar, bebem muito mesmo em dias de folga, mas não saem por aí ameaçando pessoas. Isso é má índole, ele até pode ser alcoólatra, mas isso não justifica tal atitude!
 
Juvenal Carlos Loubert em 04/11/2013 16:20:24
Realizar tratamento médico? Só se for depois da expulsão. Por que agora estão colocando a culpa no álcool? Se for assim, pega esse macete ai advogados... roubou, matou, estuprou, atropelou... é culpa do álcool que ta tudo certo.
 
Frank William em 04/11/2013 15:49:54
...não adianta passar a mão na cabeça do malfeitor, ele se acostuma e se incentiva a prática de mais delitos. Além do mais os verdadeiros policiais-investigadores que vira e mexe se orgulham de resolverem crimes complicados, se sentirão envergonhados de saber que em seu meio há essa fruta podre. Italiano, estou te invocando agora pra tomar atitude de macho, cure esse câncer imediatamente; flagrante delito e preso é demissão sumaria e por justa causa. Lamento apenas que esses bandidos, num carro preto e na penumbra do breu,com armas pra fora, não tenha cruzado com os pit bulls do CIGCOE, que estão em estado de alerta devidos a boatos do PCC aí eu queria ver!!!
 
samuel gomes II- campo grande em 04/11/2013 15:32:03
O delegado ta coberto de razão quanto a ficha do policial. FOI um bom policial, cumpridor de suas tarefas e etc, etc, porem o que esta se falando agora é o crime por ele praticado nesse final de semana, raptar uma viatura do Estado, sair bêbado, fazendo cavalinho de pau, apontar a arma pros transeuntes, pôr o veiculo na mão de outro bandido, é isso que se julga no momento, o servidor publico. Reincidente, seus superiores sabendo que ele é cachaceiro de mão cheia, tirem-lhe a arma e o distintivo e põe ele a trabalhar na cantina. A delegacia ta cheia de bandidos arrependidos, porque o delegado não os soltem também? Não tem perdão; ou ele continua preso e a sociedade se livra de mais esse marginal na rua ou logo-logo vamos chorar pelas mortes de cidadão de bem causado por esse fora da lei.
 
samuel gomes- campo grande em 04/11/2013 15:13:52
Vamos ver que imagem a Polícia Civil quer manter perante a sociedade. Não é o primeiro policial "problemático" filho de alguém da instituição que ficam passando a mão na cabeça, aliás, essa palhaçada acontece na polícia, nas forças armadas, no meio médico, no judiciário... esse é o nosso Brasil dos jeitinhos, favores e apadrinhamentos. Viva ao nosso país!
 
Diego Moraes em 04/11/2013 15:05:37
Engraçado li todos os comentários e não vi ninguem questionando o seguinte: O rapaz estava preso,o policial estava de folga,entretanto o distrito não estava sem ninguem pois la havia agentes trabalhando.Então,quem soltou o preso?Quem autorizou sua saida?
 
laercio araujo em 04/11/2013 14:19:16
exemplar??? pouca vergonha esses policiais encobrindo as safadesas de seus parceiros e ainda ganhan pra isso, nao confio em policiais,conheço um policial que diz que e exemplo na corporaçao e vive espancando a mulher dele e ainda a ameaça matar se ela denunciar , safado sem vergonha pior que bandido.

 
teodora lopes em 04/11/2013 14:09:47
Sr. Carlos (policial), joga a toalha meu amigo, você tem problema com alcoolismo, infelizmente és um alcoólatra e precisa de tratamento. Lembre-se alcoolismo é uma doença incurável, mas que adormece com sério tratamento em uma sala de AA (Alcoólicos Anônimos).
 
pedro santos em 04/11/2013 13:40:00
SO PORQUE E POLICIAL CIVIL PODE FICAR APONTANDO A ARMA PRA TODO MUNDO,AINDA MAIS EMBRIAGADO,,,SE NAO FOR MESMO SO BEBIDA E SE TIVER ALGO A MAIS....NA CABEÇA...CORREGEDORIA NELE...
 
CARLOS ARUDA em 04/11/2013 13:25:36
SE ISSO E SER EXEMPLAR NEM SEI O QUE E CORRETO ENTAO...ELE JA RESPONDE A DOIS HOMICIDIOS E AINDA ESTA NA POLICIA E ATERORIZANDO O SETOR 7 DO AERO RANCHO....E PRA ACABAR...
 
MARCIO AJALA em 04/11/2013 13:22:09
essa não e a primeira vez que se e que podemos chama,cidadão . de policial pois sempre foi um mal elemento. briguento ignorante e que e pior já tem homicídio vive fazendo ameaças para as pessoas do bem sem contar que nos população gostaria que fizessem um antidop nele pois uma pessoa normal só com cachaça?isso sim não pode ser
 
maria v pinto em 04/11/2013 13:12:08
KKKKKKK, Eu vou morrer e não vou ver tudo nesse mundo. Uma instituição tão séria como a polícia civil contando com um lixo desse em seu quadro de servidores. Imagina se ele não fosse exemplar o que seria capaz de fazer?
 
Cezar Pinheiro em 04/11/2013 13:08:05
Diferente do que mtos acham as punições são exemplares para policiais. Ele pode até perder o emprego. E quanto a lei penal, todos sabem o que acontece com quem ameaça outrem. Nada. Se as leis fossem realmente duras, nem policial, nem ninguém iria tripudiar a lei existente.
 
Adriano Magalhães em 04/11/2013 13:06:53
Sr. Carlos Ferreira da Silva,belas palavras vejo que conhece sobre "Direito", relatou muito bem a teoria...porém, apenas pelo fato de um militar em posse de uma viatura, seja ela caracterizada ou não, configura o crime militar o que dirá da desobediência?!, que todos sabem a primeira providência é o recolhimento do Militar ao presidio correlato para que ocorra todo esse processo descrito pelo Sr. Mas enfim, nosso colega infringiu a lei e respondera, disso não há duvidas e fica claro que os policiais necessitam de avaliações psicológicas e apoio pós trauma, a própria reportagem relata um confronto em que esse policial ceifou a vida de uma pessoa, para muitos isso pode ser simples, mas para um cidadão de bem ocasiona diversos danos colaterais, exemplos: o vicio. E ai? houve acompanhamento?!!
 
Renan D'avila em 04/11/2013 12:48:20
ESSE POLICIAL TAVA TOCANDO O TERROR ARMADO..E AINDA COM UM COMPARSA AO LADO,,,JA MATOU 2 LA NO AERO RANCHO UM DENTRO DO CENTRO COMUNITARIO E OUTRO AO LADO DO POSTO DE GASOLINA O RAPAZ ESTAVA COMEMORANDO O NASCIMENTO DO FILHO,,,,ELE TBEM E FILHO DE POLICIAL DA CIVIL...DA PERICIA..POR ISSO NAO DA EM NADA...TODOS AQUI NO AERO RANCHO SETOR 7 ESTA COM MEDO DELE SAIR E VOLTAR A IR ATRAS DOS MENINOS QUE O DENUNCIOU...CADE O GOVERNADOR NESTA HORA...CORREGEDORIA????
 
MARCELO NUNES em 04/11/2013 12:44:08
Conheço alguns policiais civis e nem todos tem o comportamento repugnante desse cidadão..Agora um delegado dizer que essa pessoa é exemplar..Exemplo de que em Dr. Natanael???Cumprir com as obrigações as quais ele prestou concurso para fazer nao o faz de forma alguma ser "exemplar". Ele esta tão somente cumprindo com suas obrigações de funcionário público. Senhor governdor tanta gente querendo ser policial gente competente, com caráter que quer realmente fazer a diferença e nao simplesmente "ser exemplar" e ter esse tipo de atitudes que desmoraliza a corporação poe em xeque a credibilidade de todos por causa de uns poucos imbecis e inescrupulosos como este cidadão supracitado..FICA O ALERTA....
 
Ana C. Oliveira em 04/11/2013 12:27:00
Não podemos tratar o policial como sendo criminoso, está doente (dependência quimica) o correto é tratamento, não precisa exonerar, precisa de ajuda, aliás, existe tantos outros profissionais que também estão precisando de ajuda, são dependentes quimicos, todos precisam de ajuda, agora, concordo em exoneração, punição se não aceitar tratamento, aí sim fica dificil uma recuperação, mas repito, não sou a favor de imediato a punição, lembrando que talvez até os que opinaram aqui também tenham algum problema dessa natureza, devemos é ajudar, ajudar sempre, é errado o que ele fez, porém, repito, devemos ajudar, isso mesmo, apesar da estupidez, devemos ajudar.
 
silva souza em 04/11/2013 12:09:18
Esse pulicia esta no lugar errado; Na polícia temos que ter homens de categoria...portanto rua neste sujeito...!!!'''''///,,,
 
Ado Filho em 04/11/2013 12:05:57
João ALves... A Polícia Civil tem seus problemas assim como a Militar. Se fosse PM seria aberto uma sindicância para apurar o fato, depois aberto um IPM e, e muito tempo depois, na corregedoria da PM seria desclassificado como crime militar e remetido "prescrito" para a justiça comum. Obediência ao princípio do contraditório e do devido processo legal. Busque na auditoria militar quando ocorreu a última exoneração de um policial militar. Ficará desapontado, ou, surpreso. Agora faça o mesmo com a Polícia Civil. Você ficará contente e satisfeito com a PM.
 
Carlos Ferreira da Silva em 04/11/2013 11:38:30
Exemplar?!
Exemplar sou eu q levanto tdos os dias às 06:10 hs da manhã pra ir trabalhar,6x na semana
e ñ fico bebendo em horário de trabalho e aterrorizando a vida de cidadãos q pagam seus impostos..
Esse "exemplo" tem q ser tratado cm bandido e ñ cm "exemplo"..
Exemplo de quê?!
Responde aí Sr° Natanael Balduíno..
 
Rose Gama em 04/11/2013 11:24:47
A verdade, é que esses crimes ultimamente têm envolvido policiais civis pela falta de rigor na legislação deles.Ele podem "bater boca" com delegado, enrolam para receber ocorrência da polícia militar deixando os militares várias horas na delegacia de propósito ou por pura vaidade, ou muita preguiça mesmo, não sei.Também atendem o público da maneira que querem e quando querem...enfim, a polícia civil não aparece nos noticiários para fechar pelo menos "uma boca de fumo", mas para casos de crimes internos e indisciplina tem à vontade...vergonhoso para o Estado.
Ass. Uma ex-estagiária.
 
Patricia Pereira em 04/11/2013 11:21:46
primeira pergunta? se já houve isso antes ,o que aconteceu? houve punição.a corregedoria sabe disso.e ai e ai ..esse delegado soube e não tomou providencia ,sim ou não?.........ah outra pergunta,,,,será que todos policiais exemplares da cidade são assim? ai meu deus,,,,,obs...ainda bem que tinha viatura e gasolina esse dia.......kkkkkkk
 
arnaldo poleto em 04/11/2013 11:13:00
É obvio que esse policial está com graves problemas de saúde, tem que se tratar. A pergunta é porque esse preso ainda estava recolhido em Delegacia, até quando os policiais civis vão fazer o trabalho que é responsabilidade da AGEPEN e se vão punir esse policial, também vão punir os omissos.
 
João de Paula em 04/11/2013 11:09:26
o que se vê na segunda feira é policiais e bombeiros falando sobre álcool e direção,mas e só ir no domingo nos altos da Afonso Pena,que vai ver policiais e bombeiros bebendo e dançando funk,ta certo que é dia de folga mas eles tem que dar exemplo e respeito,querem beber bebam em casa.
 
juliane mendes P em 04/11/2013 11:01:17
Não da para acreditar que um negocio desse acontece pela segunda vez e esse delinquente não é excluído automaticamente da polícia,não interessa se ele foi exemplar, já está mais que provado que ele não serve para proteger a população. Da vergonha e tristeza ver uma atitude dessa.
 
Cezar Amaral em 04/11/2013 10:51:25
É brincadeira, se fosse PM já estaria no PME, e sendo exonerado. Mais CIVIL é CIVIL!
 
João ALves em 04/11/2013 10:48:06
eu gostaria que tirassem minha duvida:
Por que esse Ryan esta na delegacia a 7 meses e não foi pro PRESIDIO ainda?????
vaga tem, porque um monte de presos cometeram crime depois dele e ja estao mofando lá esperando julgamento, ate parece favorecimento. Eu gostaria que alguem me respondesse!
 
marinalva souza em 04/11/2013 10:40:25
O que está acontecendo com os policiais civis de Campo Grande? A uma semana um agente matou a ex esposa em um estacionamento e estava em tratamento médico, e agora outro "enlouqueceu" também, daqui a pouco aparece mais um EXEMPLAR fazendo loucuras e quem paga o pato é a população.
 
Victor Antunes em 04/11/2013 10:37:02
Se num caso desses ai o policial não for exonerado e punido exemplarmente então não existe mais lei então.A verdade é que a legislação é muita branda, com certeza "esse tipo" de policial já aprontou outras, então cadê a corregedoria, os psicólogos da polícia, o delegado omisso onde trabalha este "exemplo" de policial.Tá tudo errado, uma pessoa denegrir a imagem da polícia mais de uma vez e nenhuma providência eficaz foi tomada, absurdo.Quanto ao rapaz que estava junto, sua pena deve regredir para o "fechado", mas isso tudo acontece pela falta de penalidade aos delitos mais simples, onde se inicia a personalidade do policial desde o início de carreira.Na verdade, a polícia civil precisa de uma reestruturação "urgente", começa pelo atendimento das delegacias, descaso total...
 
Fabiane Mello em 04/11/2013 10:33:33
Em primeiro lugar esse cidadão necessita de tratamento, já que durante o processo seletivo não foi identificado o seu vicio. Agora, o Delegado deu uma declaração infeliz, pois ninguém que já tem antecedentes pode ser considerado como exemplar, pois assim, ele coloca em xeque os bons policiais, pois ele nivelou os demais por baixo. Infeliz declaração.
 
Nelson Silva em 04/11/2013 10:15:55
este policial tem que ficar na cela,ser tratado como um preso qualquer nada de mordomia!!!
 
vera machado em 04/11/2013 10:12:29
na minha opinião cidadão quem for alcoólatra não pode fazer parte de um corporação policial, Pq a desculpa agora e a bebida...
 
davi de oliveira em 04/11/2013 09:59:39
È reincidente,e não tem desculpa dizer que não se lembra do que fez. Alcoolismo não deve ser desculpa para infringir leis e ameaçar pessoas.Tem que ser punido antes que mate alguém.
 
Marcia França em 04/11/2013 09:58:26
Imagine os policiais que não são exemplares.
 
daniel ferrari em 04/11/2013 09:54:51
NÃO ENTENDO COMO AINDA TEM PESSOAS QUE CHAMAM ESSE CARA DE "EXEMPLAR"!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! FALA PARA O GOVERNADOR DAR UMA MEDALHA DE HONRA AO MÉRITO PRA ELE!!!!!!!!!!! ESTÁ SEGUINDO À RISCA O CONSELHO DO GOVERNADOR!!!!!!!!!!!!!!!!!
 
Milton Martins em 04/11/2013 09:54:33
Bom dia a todos os leitores, que por gentileza guardem bem esse nome, especificamente desse policial para não julgar a categoria, mas desse policial que fez essa enorme besteira, ainda mais sendo reincidente, para que possamos monitorar essa "pena administrativa" pois um sujeito desse, que pega uma viatura, aloca um preso dentro da viatura como " comparsa" para ficar aterrorizando, vítimas inocentes que por sinal são quem pagam seu salário, não pode ficar em puni, ouviu senhor chefe da corregedoria, ouviu senhor Wantuir Jacini, vamos acompanhar esse caso, e se passarem a mão em sua cabeça, vamos até a imprensa se precisar, mas isso não será e não pode ficar esquecido.
 
Paulo Corrêa em 04/11/2013 09:48:11
O dia em que ele matar um inocente, aí talvez ele seja expulso, por enquanto, ele segue aprontando e protegido pela polícia. Se fosse um cidadão comum, seria taxado de bandido, ao invés de alcoólatra. Não precisa de tratamento, precisa de cadeia.
 
Roberto Siqueira em 04/11/2013 09:40:37
esse cara vem aterorizando o conjunto aero rancho faz tempo tem q pega 100 anos de cadeia
 
ana cristina pinto de lima em 04/11/2013 09:35:57
..."um bom policial e cumpridor das suas tarefas, tinha uma conduta exemplar"...Até aqui ele não esta fazendo nada alem da sua obrigação. Não é valorizar o erro e sim tomar uma atitude condizente com o erro cometido. por sorte ele não atirou num inocente.
 
Alex andré de souza em 04/11/2013 09:35:03
Policial Exemplar???? Isso se chama CORPORATIVISMO!!!!
Este policial tem que estar é preso, imaginem ele ameaçando pessoas, crianças, badernando ainda com um "colega preso".
Isso está parecendo um filme de comédia...custa acreditar nesta palhaçada!!!

 
alesandra Ribeiro em 04/11/2013 09:23:13
Cara JACI, que parte da matéria vc não compreendeu? O policial está preso e será submetido a processo penal e administrativo. Ninguém afirmou que a atitude dele foi exemplar, mas sim que "era exemplar". Preste mais atenção ao que vc lê antes de criticar todo o grupo de policiais, afinal foram outros policiais que o prenderam e serão outros policiais que vão puni-lo administrativamente.
 
marcos felipe andretta em 04/11/2013 09:19:05
Engraçado como é que querem tapar o sol com a peneira, na página da justiça existe uma nota, e grande por sinal,comentando sobre a conduta desse indivíduo que NÃO deveria mais fazer parte da policia civil.Ele já tem antecedentes que o incriminam como policial por que a corregedoria da polícia civil não toma a atitude correta, manda esse "cara" passear pois, elenão tem condições de exercer a profissão.O delegado está acobertando o caro colega, parabéns ao jornal pela reportagem!
 
Marian Regina Ayub em 04/11/2013 09:14:30
engraçado,o policial aprontou tudo o que ele podia fazer, agora vem os colegas de serviço falar que ele é um cara exemplar, segundo a reportagem, desde de 2008, vem aprontando,pega a viatura sem estar de serviço, solta um preso, sai atirando sem direção, colocando em risco a vida de pessoas inocentes, é assim que é ser um policial exemplar para vocês policial, que conceito que vocês policial tem de um policial exemplar,ta facil ser policial civil hoje com esses conceitos que vocês tem. se fosse outro cidadão seria tachado como mair bandido por vocês, mas como é policial civil é um policial exemplar,fica aqui minha indignação.
 
jaci h. ferreira em 04/11/2013 09:03:32
Além de tratamento, tinha que ficar um bom tempo preso e ser expulso da PC. Belo exemplo ele deu...e não foi a 1ª vez.
 
Jones Marcel em 04/11/2013 08:53:22
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions