A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

18/08/2016 15:03

Internos de presídios do Estado poderão participar de capacitações

Christiane Reis

Internos dos presídios de Mato Grosso do Sul poderão participar de cursos técnicos, de capacitação continuada e de formação inicial, por meio de parceria que está sendo articulada entre a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) e o IFMS (Instituto Federal de Mato Grosso do Sul).

De acordo com o diretor-presidente da Agepen, Ailton Stropa Garcia, já foi formalizado junto ao Instituto Federal o pedido de parceria, mediante informações coletadas nos levantamentos, para que a instituição oferte os cursos em presídios da capital e do interior.

“A capacitação profissional é umas das principais ferramentas de reinserção social e a Agepen tem trabalhado no sentido de buscar novas parcerias e oferecer ensino de qualidade como o que é oferecido pelo Instituto Federal”, destaca Stropa.

Dados da Divisão de Educação da Agepen apontam que, somente no ano passado, 858 reeducandos de Mato Grosso do Sul receberam cursos de qualificação dentro dos presídios e em áreas com demanda de mercado profissional.

Recentemente, o diretor de Assistência Penitenciária da Agepen, Gilson Assis Martins, e a chefe da Divisão de Educação, Rita de Cássia de Souza Argôlo Fonseca se reuniram com a diretora do Centro de Referência em Educação a Distância do IFMS, Elaine Borges Monteiro Cassiano, e com a diretora Executiva da Pró-reitoria de Ensino, Tânia Mara Dias Gonçalves Brizueña, para discutir o assunto. Também estiveram presentes o coordenador de Articulação e Integração, Jhonny Alencar Marchini, e o diretor de Relações Institucionais do instituto, Matheus Piazzanonga Neivock.

Durante o encontro, os representantes da Agepen foram informados sobre a possibilidade de oferecer aos internos cursos técnicos e de educação profissional a distância, por meio da Rede e-Tec, programa coordenado pelo Ministério da Educação, além de cursos presenciais.

Conforme o diretor de Assistência Penitenciária da Agepen, são 11 opções de cursos, nas modalidades subsequente, de formação inicial e continuada, que poderão ser disponibilizados para as unidades penais do Estado.

Gilson Martins explica que, devido ao ingresso nesses cursos ocorrer por meio de sorteio público ou análise de histórico escolar, foram solicitados à Agepen alguns levantamentos necessários à elaboração de um “plano de trabalho”, direcionado ao sistema prisional do Estado.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions