A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

09/02/2010 12:21

A nove dias do júri de peão, acusação perde assistentes

Redação

Faltando nove dias para o júri popular, os advogados Abel Costa de Oliveira e Jorge Batista da Rocha desistiram de atuar como assistentes de acusação no julgamento do peão Fagner Gonçalves, 27 anos. Ele é acusado de atropelar e arrastar por 15 quilômetros e matar o cabo do Exército, Leonardo Sales da Silva.

O pedido de desistência foi homologado hoje pelo juiz da 2 Vara do Tribunal do Júri de Campo Grande, Aluizio Pereira dos Santos. O júri está previsto para as 8h do dia 18 deste mês.

A Justiça não conseguiu localizar duas testemunhas indicadas pela defesa do peão, João Bosco de Oliveira Campos e Aldeci dos Santos. Segundo despacho do magistrado, caberá à defesa localiza-las e apresenta-las no dia do julgamento.

Gonçalves ficou preso por um ano e dois meses após o crime, ocorrido em 6 de junho de 2008. Gonçalves foi denunciado por homicídio doloso. O crime chocou a população pela brutalidade, já que o cabo do Exército foi arrastado pelo caminhão F-350 entre os bairros Dom Antônio Barbosa, na saída para Sidrolândia, e Itamaracá, na saída para São Paulo.

Mega-Sena acumula e prêmio no sábado pode chegar a R$ 39 milhões
A Mega-Sena mais uma vez ficou sem vencer na noite desta quarta-feira (13) e, assim, acumulou. O prêmio pode subir para R$ 39 milhões no sorteio do p...
Chuva intensa de meteoros terá pico na madrugada de quinta-feira
A chuva de meteoros Geminídeos – uma das mais intensas e brilhantes do ano – vai ocorrer durante a noite de hoje (13) e a madrugada de amanhã (14) e ...
STF tem maioria a favor de delação negociada pela Polícia Federal
O Supremo Tribunal Federal (STF) formou hoje (13) maioria para manter a autorização legal para que a Polícia Federal (PF) possa negociar delações pre...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions