A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 24 de Setembro de 2018

24/08/2018 09:55

Ação da polícia contra o feminicídio já prendeu 27 pessoas em MS

A ação realizada pela Polícia Civil acontece desde a noite de ontem nos 79 municípios do Estado

Geisy Garnes e Bruna Kaspary
Cinco presos serão levados para o Imol (Foto: Henrique Kawaminami)Cinco presos serão levados para o Imol (Foto: Henrique Kawaminami)
Suspeitos deixando cela da Deam (Foto: Henrique Kawaminami)Suspeitos deixando cela da Deam (Foto: Henrique Kawaminami)

A Operação Cronos - realizada em todo o Brasil desde a noite desta quinta-feira (23) em combate a homicídios, feminicídios e violência contra a mulher - já prendeu 27 pessoas em Mato Grosso do Sul. Pelo menos cinco desses suspeitos estão na Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher), em Campo Grande.

Conforme balanço parcial divulgado pela Polícia Civil, as equipes já cumpriram um mandado de prisão por homicídio e cinco por violência doméstica - em cumprimento a lei Maria da Pena. Além disso, oito pessoas foram detidos por outros crime e 18 em flagrante, por tráfico de drogas e porte ilegal de arma.

Nas primeiras horas de ação, foram apreendidas duas armas de fogo e pouco mais 87 quilos de maconha. Equipes de todas as delegacias especializadas e investigadores do GOI (Grupo de Operações e Investigações) participam da operação em Campo Grande.

Os cinco presos na Capital serão levados para exames de corpo de delito no Imol (Instituto Médico e Odontológico Legal) e em seguida para unidades prisionais, ainda não divulgadas. As prisões foram feitas pela Derf (Delegacia Especializada de Roubo e Furto) e pelo Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a Banco, Assaltos e Sequestros).

De acordo com o delegado-geral da Polícia Civil de Mato Grosso do Sul, Marcelo Vargas, a operação a nível nacional acontece nos 79 municípios do Estado é faz alusão ao Agosto Lilás, mês de aniversário da Lei Maria da Penha, que completa 12 anos. O objetivo principal é prender autores de homicídio, feminicídio, violência doméstica e também dar cumprimento à medidas protetivas, quando é feito o afastamento dos agressões do convívio da vítima.

As ações devem acontecer durante toda a sexta-feira. Até agora, foram presas 643 pessoas e 61 adolescentes apreendidos em 17 estados brasileiros. Um novo balanço será divulgada na parte da tarde e o resultado da operação às 19 horas, no horário de Mato Grosso do Sul.

Operação Cronos - Segundo a Polícia Civil, o nome vem da supressão do "tempo de vida da vítima", reduzido pela mão do autor do homicídio e feminicídio. “É a retirada da possibilidade de transcurso natural da vida das pessoas, ceifadas de seu tempo e da sua vida Ao mesmo tempo, com a prisão dos autores, retiramos dele o "tempo" de prática de novos delitos”, divulgo.

Foram cumpridos mandados de prisão em toda Campo Grande (Foto: Henrique Kawaminami)Foram cumpridos mandados de prisão em toda Campo Grande (Foto: Henrique Kawaminami)
Após exame, presos serão levados ao presídio (Foto: Henrique Kawaminami) Após exame, presos serão levados ao presídio (Foto: Henrique Kawaminami)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions