A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 14 de Outubro de 2019

27/10/2009 11:11

Acusação insiste em pensão a filhos de garota morta

Redação

Assistente de acusação do MPE (Ministério Público Estadual) no assassinato da garota de programa Claudinéia Rodrigues, a "Néia", o advogado Lucas Navarro, afirmou que vai entrar com pedido de pensão aos filhos da vítima.

Lucas explica que os advogados aguardam somente a conclusão das oitivas das testemunhas e dos acusados para protocolar o pedido na Justiça.

Néia tinha três filhos menores, todos crianças. Ela morava com os pais, que são catadores de materiais recicláveis, em uma casa humilde do Jardim Montevidéu. As crianças estão com os pais dela.

Segundo uma testemunha que era amiga de Néia, a garota fazia ponto na área central havia quatro anos.

A garota de programa foi assassinada a pedradas e a tijoladas em um matagal atrás do Aeroporto Internacional de Campo Grande no início de maio deste ano.

Os acusados do crime são: Fernando Pereira Verone, Leonardo Leite Cardoso e Hugo Pereira da Silva. Eles afirmam que abordaram a vítima e uma amiga dela, mas divergem sobre a autoria das agressões que resultaram na morte da garota.

Nesta terça-feira, três testemunhas de acusação foram ouvidas pela Justiça. Amanhã será a vez das testemunhas de defesa e também dos réus. Dos três acusados, somente Hugo está em liberdade.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions