A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 19 de Janeiro de 2018

22/02/2008 09:34

Acusados de assalto ao BC estão no presídio federal

Redação

Nove acusados de assalto ao Banco Central de Fortaleza chegaram nesta quinta-feira na Penitenciária Federal de Campo Grande.

Antônio Edimar Bezerra, Marcos de França, Davi Silvano da Silva, Lucivaldo Laurindo, Marcos Rogério Machado de Morais, Jeovan Laurindo da Costa, Raimundo Laurindo B.Neto, Fernando Carvalho Pereira e José Almeida Santana, chegaram na Capital por volta de 20 horas e vieram de Fortaleza em um avião da Polícia Federal

O grupo participou do maior assalto a banco da história do País e o segundo maior do mundo. Foram levados do Banco Central de Fortaleza R$ 164.755.150, sem que nada fosse gravado, nem o sistema de alarme acionado.

Com a chegada destes, a unidade federal passa a ter 127 detentos, entre eles Luís Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar, que está em Regime Disciplinar Diferenciado, e Juan Carlos Abadia Ramirez, narcotraficante colombiano.

O presídio tem capacidade para 208 presos em celas individuais. O primeiro detento da penitenciária foi José Reginaldo Girotti, acusado de ser o mentor do assalto ao Banco Central de Fortaleza. Girotti e Edmar dos Santos, condenado por homicídios e uma das lideranças do PCC (Primeiro Comando da Capital) em Mato Grosso do Sul, estrearam o presídio federal.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions