A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

26/11/2011 00:16

Acusados de matar segurança em frente a boate serão ouvidos na terça-feira

Paulo Fernandes

Será na próxima terça-feira (29), às 15h30, a primeira audiência do processo contra Diego Ferreira de Souza e Janquiel Marques da Silva Júnior, acusados de matar o segurança John Éder Cortiana Gonçalves.

Nesta primeira audiência serão ouvidas apenas as testemunhas de acusação. Posteriormente será agendada uma nova audiência para ouvir as testemunhas de defesa e realizar o interrogatório dos réus.

De acordo com a assessoria de imprensa do TJ/MS (Tribunal de Justiça), o processo tramita na 2ª Vara do Tribunal do Júri de Campo Grande.

John Éder Cortiana Gonçalves foi morto na madrugada do dia 11 de setembro deste ano, em frente à boate Voodoo, no centro de Campo Grande.

Janquiel é acusado de ter efetuados os disparos de arma de fogo. Diego teria instigado o colega a atirar contra o segurança da boate.

Segundo a denúncia, os acusados cometeram o crime porque o John havia os retirado da boate após eles terem se envolvido em uma briga.

Janquiel Marques da Silva Júnior foi denunciado por homicídio simples, por motivo torpe, com recurso que dificultou a defesa da vítima, além de possuir arma de fogo com numeração raspada. No último dia 17, a 2ª Turma Criminal concedeu a ordem do Habeas Corpus impetrado por Janquiel para converter a prisão preventiva em prisão domiciliar.

Diego Ferreira de Souza foi denunciado também por homicídio simples, por motivo torpe, com recurso que dificultou a defesa da vítima, além de adquirir arma de fogo com numeração raspada e de ter efetuado disparos com arma de fogo em via pública.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions