A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Janeiro de 2019

26/03/2011 10:37

Ageprev recadastra funcionários do Legislativo e Judiciário a partir de abril

Marta Ferreira

A Ageprev (Agência Estadual de Previdência Social) faz a cadas, por meio de uma parceria com o Ministério da Previdência, vai recadastrar a partir de abril servidores ativos e inativos dos poderes Legislativo e Judiciário de Mato Grosso do Sul.

Cerca de seis mil servidores ativos e inativos dos dois poderes devem ser recadastrados pela Ageprev nos próximos meses. Os inativos serão informados do recadastramento via Correios.

Conforme o diretor-presidente da Ageprev, Moacyr Roberto Salles, o objetivo do recadastramento é definir o perfil do servidor destes poderes e formular um censo previdenciário assim como foi realizado pela agência estadual com o Poder Executivo em 2010.

“Os servidores deverão comparecer às suas unidades de lotação, onde a Ageprev irá montar um posto de recadastramento para receber os dados destes profissionais”, informa Moacyr Salles.

No interior, os servidores do Judiciário devem ser recadastrados nas unidades regionais, como os fóruns municipais. O recadastramento é apenas para servidores em cargos efetivos

De acordo com Moacyr Salles, o censo previdenciário deve apresentar dados importantes sobre recursos e quanto é destinado para a Previdência do Legislativo e Judiciário.

Ainda deve ser definido o calendário de recadastramentos em cada unidade de lotação dos servidores, porém já está acordado que o período se inicia em abril e deve terminar até o dia 30 de junho, segundo prevê o diretor-presidente da Ageprev.

Cerca de seis mil servidores ativos e inativos dos dois poderes devem ser recadastrados pela Ageprev nos próximos meses. Os inativos serão informados do recadastramento via Correios.

Criança de 3 anos que se afogou em piscina melhora em hospital
A menina de três anos que chegou à Santa Casa em estado grave depois de se afogar em uma piscina na tarde de domingo (20), apresentou melhora e não p...
Maioria concorda com demarcações sob o crivo do Ministério da Agricultura
Você concorda que a demarcação de terras seja responsabilidade do Ministério da Agricultura? Foi esta a pergunta feita pelo Campo Grande News nesta s...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions