A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

14/04/2010 13:59

Agetran volta a defender proibição de bebida em posto

Redação

Em entrevista na assinatura de convênio entre a Prefeitura e a GRPS (Global Road Safety Partnership, ong que vai estudar o trânsito da Capital), o diretor-presidente da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), Rudel Trindade, defendeu uma mudança na legislação proibindo a venda de bebidas em rodoviárias, postos de combustíveis, órgãos públicos e universidades.

Para ele, isto poderá ser uma das soluções para os três principais problemas do trânsito na avaliação dele: velocidade, álcool e impunidade.

O diretor-presidente da Agetran afirmou ainda que o consumo de bebidas alcoólicas em postos de combustíveis é proibido no Rio de Janeiro, São Paulo e Curitiba.

Apesar das declarações, a Agetran ainda não apresentou nenhum projeto com o objetivo de proibir ou restringir a venda das bebidas.

Outro problema, na avaliação de Rudel, é a cultura do campo-grandense de, segundo ele, "não culpar o infrator" no trânsito. Ele também defende um aumento no valor das multas. "Há muito tempo que não tem reajuste", disse.

A ong GRSP irá justamente estudar o trânsito de Campo Grande e a postura dos condutores para trazer à cidade experiências que tiveram êxito em outros lugares, reduzindo o índice de acidentes com mortos e feridos.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions