A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

20/08/2008 16:31

Alunos da UFMS desconhecem propostas de candidatos

Redação

Faltando apenas dois dias úteis para as eleições na UFMS, estudantes demostram não conhecer nada das propostas defendidas pelos quatro candidatos a reitor. Ontem, dia de aulas regulares, os corredores estavam vazios no período noturno e as salas quase vazias, na maioria dos cursos.

A mobilização pelo voto paritário prevaleceu sobre as discussões relativas às propostas. Para os alunos a ausência de debate prejudicou a disseminação de informações sobre o que cada candidato pretende para os quatro anos de mandato.

As acadêmicas Larissa Emanuel e Laura Franco Figueiredo, do 1º ano de Biologia, concordam com falta de informações. "A gente tem acompanhando o movimento estudantil e a luta pela paridade, mas sobre os candidatos não sabemos nada".

Cartazes distribuídos pela instituição mostram que alguns cursos anteciparam a paralisação de 24 horas, programada para amanhã. Os cursos de História, Letras e Jornalismo pararam.

Acadêmicos e servidores reclamam que não tiveram oportunidade de conhecer o que pensam os candidatos. Somente ontem o Coun (Conselho Universitário) definiu a possibilidade de realização de debates, também para amanhã.

Para a servidora Elza Beatriz, não houve tempo para divulgação das informações, "Não houve nenhum debate, não ficamos sabendo o que os candidatos pretendem fazer, mesmo o material impresso foi pouco".

A servidora Roselene Salles afirma que houve reuniões com alguns candidatos, mas que foram insuficientes para um exame de propostas, "Foram reuniões muito apressadas, não deu para sabermos de nada, não são só os alunos que desconhecem as propostas e mesmo os candidatos, os servidores também estão nessa situação".

Gabriel Tomas, acadêmico do 3° ano de Análise de Sistemas diz não ter recebido nem informação impresa, "não sei em quem votar, não faço a menor idéia, vamos esperar até o debate de amanhã para tentarmos conseguir o mínimo de informação para uma escolha".

Debates simultâneos - Amanhã ocorrerão debates no campus de Campo Grande e outro no campus de Três Lagoas. Mais uma vez a discussão deve ser prejudicada, porque os dois encontros foram marcados para o mesmo horário, às 19 horas, a uma distância de 326 quilômetros.

O candidato Jair Vicente reclama do processo que só nos ultimos dias produziu a oportunidade de debate. "Tudo muito apressado, e agora dois debates simultâneos. O debate em Três Lagoas é organizado pela Associação de Docentes do Leste, o de Campo Grande é resultado de uma iniciativa dos alunos, decidiremos amanhã como vamos nos dividir, candidato e vice, para participar dos dois".

Antônio Osório confirmou participação no debate em Campo Grande. "Foi uma conquista dos alunos e dos servidores a possibilidade do debate e vamos responder a isso. Estamos fazendo campanha sem debate, na sola do sapato, e não tivemos nem 14 dias para realizar a campanha. Isso inviabiliza qualquer trabalho", disse Osório.

A candidata Célia Maria também reforça o valor da discussão. Na estrada, rumo a Três Lagoas, Célia diz que retornará à Capital amanhã, para participar das discussões em Campo Grande.

"Optamos pelo debate em Campo Grande porque será um evento organizado pelo DCE (Diretório Central de Estudantes) que agregará mais alunos, inclusive alunos do interior, portanto mais pessoas poderão conhecer nossas propostas", disse a candidata.

O candidato Cezar Benevides não respondeu às ligações da reportagem.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions